Compre Agora

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Prefeito de Ibaretama vai à PGJ prestar depoimento na próxima segunda-feira

Por Redação
Politicos já estão com 48 horas presos, mas devem ser liberados a qualquer momento.
Já estão presos Delegacia de Capturas e Polinter (Decap), em Fortaleza, os vereadores José Maria Cunha, conhecido por Bebé e Francisco Oliveira Filho, juntamente com o secretário de Obras, Raimundo Rodrigues Filho, irmão do atual prefeito, Francisco Edson de Morais, o secretário de Finanças, Júnior Maná e o coordenador do Bolsa Família em Ibaretama, Francisco Eudes Torres da Silva, uma funcionária do Setor Pessoal, identificada apenas por "Márcia", e outro irmão do prefeito, "Elitinho", entram na relação. No total são 21 presos, acusados de formação de quadrilha, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro, licitações fraudulentas com desvio de dinheiro público, peculato e empréstimos consignáveis com comprometimento de até 90% dos vencimentos de alguns servidores. A ação resultou no desmonte de esquema de fraudes em licitações para obras públicas e contratação de assessores fantasmas no município de Ibaretama, com repercussões nos municípios de Fortaleza, Reriutaba e Quixadá.

Para explicar tudo o que está acontecendo na sua gestão, o prefeito do município de Ibaretama, Francisco Edson de Morais (PSB), se apresentou espontâneamente por seu advogado e será ouvido na Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) na próxima segunda-feira (6). Todos os envolvidos tem ligação direta com o prefeito municipal.
As explicações serão dadas aos promotores de Justiça Luís Alcântara e Eloilson Ladim, às 10 horas da manhã de segunda-feira, 6, na sede da PROCAP. Ele vai ter que se justificar das irregularidades e desvio de dinheiro em licitações de obras de Ibaretama; irregularidade na aquisição de transporte escolar e veículos para a Prefeitura do município; enriquecimento ilícito; dentre outros.
O Prefeito de Ibaretama informou através de seu advogado que todos os acusados de envolvimento no esquema já estão exonerados de seus cargos. 
A redação do portal Revista Central entrou em contato com o prefeito Edson Morais, entretanto, os seus dois números de contatos chamaram, mas o mesmo não os atendeu.
Na última segunda-feira, quando os policiais federais chegaram à residência do vereador Bebé, os mesmo encontraram um revólver calibre 38, sendo que o mesmo também vai responder por posse ilegal de arma de fogo.
Sem ter vereadores suficientes para realizar sessão as portas da Câmara Municipal continuam fechadas e não haverá sessão nesta sexta-feira.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...