Compre Agora

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Presidente da Câmara de Choró expulsa imprensa do plenário e oposição deixa sessão


Radialista classificou como constrangedor e uma “agressão” a imprensa de um modo geral.
Os vereadores de Choró, no Sertão Central cearense, discutiram na última sessão vários assuntos importantes, porém, um projeto oriundo do poder executivo municipal em caráter de urgência, causou polêmica entre os servidores, parlamentares e inclusive a imprensa. De acordo com documento enviado a Câmara, o projeto requer a abertura de crédito especial ao orçamento virgente, criando despesas em conformidade a portaria PT/MPS nº 95 de 06 de março de 2007 a ser custeado com recursos do fundo de previdência do Município de Choró o crédito aberto no valor de R$ 191.800,06 reais.
No pronunciamento do vereador Antônio Jocélio Barbosa Barros, da base de apoio ao prefeito criticou a imprensa local, acusando-a de colocar os Servidores Públicos contra os vereadores da situação, afirmando que pela manhã ouviu o programa e os jornalistas Rogério Patrício e Marcolino Borges tentavam de certa forma colocar a população contra os parlamentares. Em seguida o radialista Marcolino Borges que estava no plenário revidou e disse que a imprensa tem o papel de alertar a comunidade e opinar de forma que os vereadores da situação não podem aprovar um projeto desses sem conhecimento, simplesmente por serem da base de apoio da atual administração. Foi aquele bate boca do radialista com o vereador.

O presidente da Câmara, Francisco Elcimar Lusia Ribeiro, pediu ao radialista que se contivesse e que se retirasse do plenário, mais uma vez o radialista revidou, “fatos mais degradantes e vergonhosos já aconteceram no plenário da Câmara e o senhor nunca tomou nenhuma atitude com relação a isso”. O presidente suspendeu a sessão e pediu mais uma vez que o radialista se retirasse do plenário ou chamaria a policia para tirá-lo na base da força.
O vereador Silvino Rodrigues líder da bancada de oposição, disse ao presidente que não tinha mais condições emocionais de ficar no plenário por esse vergonhoso acontecido.
Em seguida o radialista Marcolino Borges sai e os quatro vereadores da oposição deixam o plenário da Câmara em apoio o jornalista juntamente com os populares que assistiam a sessão.
Procurado pela reportagem do portal Revista Central, o radialista Marcolino Borges falou sobre o acontecido, “foi constrangedor não só pra mim, foi uma “agressão” a imprensa de um modo geral”. Marcolino reconheceu que de sua parte feriu o regimento interno, mas lamenta a atitude do presidente que já vivenciou casos mais absurdos que aconteceram naquela casa e que nunca tomou nenhuma atitude e que suas ações são tendenciosas. “Os vereadores da situação não têm expressões próprias, eles pensam e fazem o que o executivo determina por conta do compromisso que eles têm e eles querem obrigar que a opinião da imprensa seja igual ao pensamento deles”. Acrescentou o radialista. Borges ainda ressaltou e agradeceu o apoio da comunidade e da bancada de oposição que se retirou na totalidade do plenário. “O que me marcou não foi à atitude do presidente e sim o apoio da comunidade e me deu a convicção que eu estou no caminho certo”, relatou.
Em entrevista com o vereador Silvino Rodrigues, afirmou que foi um ato falho e precipitado do presidente suspender a sessão e ameaçar colocar o radialista para fora do plenário. O vereador ressaltou outras sessões que sempre foram mais tumultuadas e o nobre presidente nunca tomou providências. Porém, Silvino afirmou que o Ministério Público orientou os parlamentares a não votar no projeto antes de tirar todas as dúvidas.
Até o final dessa edição a reportagem do portal Revista Central tentou contato com o presidente Francisco Elcimar Lusia Ribeiro e com o vereador Antônio Jocélio Barbosa Barros, para falar sobre o assunto, mas não obteve êxito.
Na visão de outros membros da imprensa, funcionários e vereadores da oposição que acompanhavam a seção entenderam que a expulsão do jornalista foi como um duro golpe contra a liberdade de imprensa e principalmente a democracia.
 Jonathas Oliveira
(88) 9418-0369/9454-0003
Email/MSN: jonathasmaci@hotmail.com
Acesse Também: Jonathas Oliveira News
Jackson Perigoso
Edição e fotos


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...