Compre Agora

domingo, 26 de junho de 2011

Quixadá lança moeda social ´Monólito´


Por Alex Pimentel
A implantação de novos bancos é meio para a inclusão financeira de mais de 100 mil pequenos empresários.
Na próxima terça-feira, será inaugurado o primeiro banco comunitário de Quixadá. Na oportunidade, também passará a circular na cidade o "Monólito", moeda social criada pelo Centro de Desenvolvimento do Trabalho Integrado ao Social (CDTIS), executor do projeto neste Município. A solenidade está prevista para as 17 horas, no terminal rodoviário, onde funcionará o banco popular. A nova moeda chegará preliminarmente às mãos da população mais carente. Será disponibilizada por meio de crédito especial para desenvolvimento de empreendimentos familiares.

As novas moedas em circulação na cidade serão de M$ 0,50, M$ 1,00, M$ 2,00, M$ 5,00 e M$ 10,00. As estampas destacam o Chalé da Pedra, o Mosteiro da Serra do Estevão, o Santuário de Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão, o Açude do Cedro e um dos mais famosos repentistas do Brasil, Cego Aderaldo. A estátua em homenagem ao violeiro mestre do repente é uma das atrações turísticas divulgadas nas novas cédulas. Está erguida à frente ao "Banco Quixadá", como será conhecida a unidade de crédito especial.


A presidente do CDTIS, Cássia Freitas de Sousa, avalia o momento como oportunidade para melhoria da qualidade de vida para as famílias de baixa renda. No início, a carta de crédito do Banco Quixadá será de M$ 30 mil, equivalente a R$ 20 mil. Ela ainda não definiu qual o valor do microcrédito especial a ser disponibilizado para cada família, mas, pelo menos, 50 delas serão beneficiadas. Todavia, esclarece a representante do CDTIS que a nova moeda não poderá ser trocada por outra espécie de cédula monetária. Deverá ser utilizada exclusivamente na aquisição de mercadorias e serviços em comércio e empreendimentos solidários conveniados com o Centro de Desenvolvimento.

Além de Quixadá, o programa de crédito comunitário, criado pelo Instituto Palmas, está sendo implantado em mais nove Municípios do Ceará: Acaraú, Acarape, Caucaia, Cascavel, Chorozinho, Itaitinga, Itatira, Mauriti, Pacatuba. A ação faz parte do Projeto Bancos Comunitários do Ceará.

Mais Informações: 
Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (SDTS):
(85) 3101 4557/
Sec. de Desenvolvimento Social de Quixadá:
(88) 3414.4661



Alex Pimentel
Colaborador
Diário do Nordeste


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...