Compre Agora

sexta-feira, 4 de março de 2011

Sertão Central fica de fora da cobertura especial do SAMU


Mais uma vez as cidades do Sertão Central cearense ficam de fora as ações do governo estadual.
SAMU Ceará 192 inicia nesta sexta-feira (4) às 7h30min, a operação que vai dar cobertura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência a 41 municípios da Região Metropolitana de Fortaleza, litorais Leste e Oeste e Maciço de Baturité durante o  Carnaval. A operação especial, que vai até Quarta-feira de Cinzas, garante transporte dos pacientes através de 29 ambulâncias e sete UTIs móveis em 24 bases de apoio estrategicamente localizadas nos municípios que registram maior fluxo de pessoas durante o período.
As UTIs móveis vão ficar nos pontos de apoio nos municípios de Maracanaú, Aracoiaba, São Luís do Curu, Caucaia, Eusébio e Aracati. Uma UTI móvel extra passa a fazer parte da operação para atender o município de Guaramiranga nas noites de sábado a terça-feira de carnaval. As 29 ambulâncias estarão distribuídas em 24 bases, dando cobertura aos 41 municípios. A cada plantão, o SAMU Ceará 192 mobilizará dois médicos reguladores na sede do Polo 1, no município de Eusébio, seis médicos nas UTIs móveis, mais 35 socorristas, três enfermeiros e 35 auxiliares de enfermagem.


O atendimento de urgência e emergência do SAMU Ceará 192 é realizado em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas, contando com as Centrais de Regulação, profissionais de saúde e veículos de salvamento. Basta ligar 192 e informar sobre a ocorrência.
O serviço realiza atendimentos de naturezas diversas, como a vítimas de acidentes de trânsito, de ferimentos por arma de fogo, de ferimentos por armas brancas, de quedas, de choque elétrico, de afogamento e de intoxicação. Atende, ainda, pacientes vítimas de infarto agudo do miocárdio, de AVC (Acidente Vascular Cerebral) e crises convulsivas e realiza atendimento pré-hospitalar de pacientes com insuficiência cardíaca e crise diabética.
SAMU também é acionado para a realização de atendimento pré-hospitalar de casos gineco-obstétricos, como trabalho de parto e aborto, atua no atendimento médico pré-hospitalar de urgências psiquiátricas e efetua transferências hospitalares de pacientes graves que necessitam de remoção em UTI móvel entre os municípios.

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...