Compre Agora

segunda-feira, 28 de março de 2011

Dom Adélio inaugura oficialmente o Remanso da Paz


Por Jackson Perigoso
Qual será o próximo desafio do cidadão quixadaense Dom Adélio?
Cerca de 500 pessoas, dentre elas autoridades e populares foram ver de perto a inauguração oficial de mais uma obra concretizada pelo bispo emérito de Quixadá, dom Adélio Tomasin. Casa de Acolhida São João Calábria - Remanso da Paz, situada no sítio Lemos. Dom Adélio fez questão de cumprimentar todos os presentes, dando lhes muito obrigado pela visita.
A sua felicidade estava visivel em seu sorriso, um cidadão que mesmo aos 80 anos de idade não cansa de colaborar com a cidade que ele mesmo diz que tanto ama. Em seu pronunciamento Dom Adélio iniciou dizendo, “muito obrigado Senhor, por ajudar a realizar este sonho”, sonho este que vai fajudar muitos idosos da região do Sertão Central cearense.

A Fundação Quixadaense de Fomento é a entidade responsável pela munutenção do abrigo, e tem como presidente Dom Adélio e como vice José Nilson Ferreira Gomes. Na solenidade vários empresários que colaboraram com a casa, receberam uma comenda de agradecimento, dentre ele o empresário das lojas Padre Cícero, José Odilon Oliveira, em entrevista ao portal Revista Central, Odilon Oliveira, destacou o trabalho do bispo operário, “como empresário é facil colaborar com as obras de Dom Adélio, visto que teremos a certeza que sempre irá ser bem aplicada”. O bispo Dom Ângelo Pignoli esteve presente, mas ausentou-se por ter compromissos mais importantes.
O prefeito de Quixadá, Dr. Rômulo Nepomuceno Bezerra Carneiro, também fez questão de enfatizar a importância da obra para Quixadá, de acordo com ele será assinados vários convênios entre a fundação e a prefeitura. Quem também esteve presente foi o presidente da Câmara Municipal, José Kleber Bezerra Carneiro Júnior.
Segundo José Nilson, o prédio acolherá inicialmente 40 idosos com idade mínima de 60 anos, sendo 20 homens e 20 mulheres. Mesmo tendo dormitórios, a casa estará à disposição em regime semi-internato de assistência social e não à saúde. As atividades diárias começam às 7h e terminam às 17h30. No período, além de assistência médica primária, psicológica e social, o grupo poderá participar de diversas atividades recreativas. Uma equipe de 15 profissionais se encarregará da programação. Dança, canto, música, artesanato, leitura, os acolhidos terão dias cheios de atividades. Uma horta também será cultivada por eles. O objetivo, segundo dom Adélio Tomasin, é promover a melhoria da qualidade de vida dos idosos. Também foi a forma encontrada por ele de reconhecer o muito que fizeram pelo progresso da cidade quando eram trabalhadores.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...