Compre Agora

domingo, 27 de março de 2011

Ocara registra primeiro óbito por dengue confirma SESA

Por Karpegeanne Vieira

Em todo o estado contabiliza-se 19 mortes sendo três por FHD e 16 por DCC.

O município de Ocara, Maciço de Baturité, teve confirmado pela Secretaria Estadual de Saúde – SESA a primeira morte por DCC – Dengue Com Complicação, o resultado foi divulgado no final desta ultima sexta-feira pela secretaria no mais novo boletim epidemiológico.

Outras três mortes foram confirmadas sendo duas na capital Fortaleza e outra no município de Granja, foram noticiados no total 14.796 casos suspeitos de dengue, em 163 municípios, destes mais de 6.500 foram confirmados em 149 municípios os outros tiveram amostras negativas.


Entre os municípios do interior que chamam a atenção para o número de casos no estado está Itapipoca que lidera com maior índice de casos confirmados, 730 casos. Os outros são Pacatuba, Massapê, Icó, Santa Quitéria e Guaiuba.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde – SESA em todo o estado já foram notificados 156 casos suspeitos de Febre Hemorrágica da Dengue – FHD, entre os casos a maioria está na capital com oito registros, seis em Itapipoca, Três em Acarape, dois em Maracanaú, dois em Chorozinho, dois em São Gonçalo do Amarante e um caso cada em outros municípios, Caucaia, Crateús, Pacatuba, Acopiara, Aiuaba e Icó. Três pessoas este ano morreram vítimas FHD.

A DCC – Dengue com complicação foi registrada no Sertão Central somente no município de Quixadá com o registro de um único caso, já no maciço de Baturité os municípios foram Acarape com três casos, Ocara e Capistrano com um caso cada. Só este ano 16 pessoas já morreram vítimas da DCC. Até agora a SESA não confirmou nenhum caso do Tipo 4, baseado nisso o perigo fica maior devido a população ainda não está imune a este novo tipo da doença, os sintomas são semelhantes a dos outros três o que mais preocupa justamente é a questão da imunidade que a população não adquiriu ainda.

A SESA está mobilizada e orienta os profissionais de saúde para que façam um diagnóstico rápido e preciso e oriente as pessoas sobre os sintomas e os cuidados para que a doença não evolua para uma DCC ou FHD.


Mais informações:
Secretaria de Saúde do Estado, Av. Almirante Barroso, 600, Praia de Iracema, Fortaleza (CE)
Telefone: (85) 3101.5123


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...