Compre Agora

sexta-feira, 11 de março de 2011

IPHAN faz vistoria no sentido de analisar projeto da obra do Pólo de Lazer do Eurípedes Pinheiro

A reportagem do portal Revista Central acompanhou todo o processo.

O Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional- IPHAN, autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura, responsável por preservar a diversidade das contribuições dos diferentes elementos que compõem a sociedade brasileira e seus ecossistemas. Com responsabilidade implica em preservar, divulgar e fiscalizar os bens culturais brasileiros, bem como assegurar a permanência e usufruto desses bens para a atual e as futuras gerações, tem intensificado a fiscalização na área de preservação dos Monólitos de Quixadá.

Durante toda a tarde desta quinta-feira,10, a fiscalização do IPHAN retornou a Quixadá, após solicitação da Secretária de Urbanismo e Meio Ambiente, com objetivo de análisar o embarco feito pela Justiça Federal a pedido do órgão na construção de um Pólo de Lazer que fica as margens do açude Eurípedes Pinheiro, de acordo com o Fiscal Ivanildo da Silva, a construção pode ser realizada no local, porém, faz se necessário a autorização do IPHAN, “o único problema dessa obra é que ela iniciou sem que o IPHAN soubesse, ou seja, não havia um projeto sob o nosso conhecimento, foi então que resolvemos fazer o embargo”, destaca.


De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, Carlos Augusto Vitorino, será realizada até a próxima semana uma adequação no projeto para ser entregue ao IPHAN, para ser apreciada pelo órgão federal, “queremos concluir esta obra, pois ela é muito importante para o bairro Campo Velho e ao meu ver não teremos mais dificuldades para resolver o embargo, pois o único problema é a falta do projeto para que o IPHAN tome conhecimento e este projeto nós temos, mas agora só falta acrescentar as solicitações do fiscal”, destacou Carlinhos.

Ivanildo Silva fez uma minuciosa vistoria no entorno do açude Eurípedes Pinheiro e verificou que havia uma pista do bicicross invadindo a área tombada, sendo que o mesmo solicitou que fosse retirada quase metade da areia da pista. “Essa pista do bicicross já está ultrapassando o limite da poligonal, portanto, deve ser retirada o mais breve possivel”, solicitou.

O fiscal visitou todo o percurso da área de tombamento dos Monólitos de Quixadá, com GPS, esclareceu as medições dos locais exatos onde iniciam a preservação. Pelos seus dados os bairros Jardim dos Monólitos, Campo Velho, Triângulo, Herval, e principal São João e Renascer para receberem qualquer construção acima de dois pavimentos tem que receber a autorização do IPHAN.

Fique por dentro

Poliagonal é o local onde se mede onde inicia a área tombada pelo IPHAN, ou seja, a partir da poliagonal tudo que for feito por particular ou órgão público é obrigatório informar aos IPHAN.

São mais de 20 mil edifícios tombados, 83 centros e conjuntos urbanos, 12.517 sítios arqueológicos cadastrados. Além de mais de um milhão de objetos, incluindo acervo museológico, cerca de 250 mil volumes bibliográficos, documentação arquivística e registros fotográficos, cinematográficos em vídeo.



Mais Informações:
Prefeitura Municipal de Quixadá
Fone: (88) 3412-3864
www.quixada.ce.gov.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...