Compre Agora

quinta-feira, 31 de março de 2011

Descaso em Choró: População reclama do abandono de ruas e praças por parte do Poder Público


Por Jonathas Oliveira
Bairro São Sebastião e Rua do Progresso são os mais afetados.
No último dia 27 de Março o Município de Choró, no Sertão Central cearense, completou 19 anos de emancipação política. A pequena cidade com aproximadamente 13 mil habitantes tem enfrentado varias dificuldades, inclusive a falta de zelo de praças e ruas do município que estão abandonadas pelo poder público local.

A equipe de reportagem do portal Revista Central, a pedido dos moradores da Rua do Progresso e Bairro São Sebastião, circulou em vários trechos e constatou uma grave problemática quando o assunto é zelo publico. Primeiro nos deslocamos até a Rua do Progresso e logo constatamos o problema, é impossível trafegar em condições tão precárias, quem caminha pela rua do Progresso diariamente, é testemunha da ausência da construção de um calçamento por parte da Prefeitura Municipal, da falta de saneamento e esgoto no referido bairro. É o que explica o morador Antônio Barbosa Viana, 56 anos, “são tantas as dificuldades que a gente enfrenta aqui, inclusive a falta de calçamento, falta de saneamento básico e esgoto, ainda mais que no período das chuvas a rua fica toda alagada, parece que estamos no interior, nas estradas de terra do sertão, a agua tem invadido várias casas, trazendo lixo, lama e outros dejetos, a solução que encontramos foi fazer umas barricadas na frente das casas para evitar o alagamento. Eu mesmo não procuro mais os responsáveis, por que todas as vezes que procuramos o poder público à gente nunca é atendido, só o que nos restava era denunciar esse descaso”, enfatizou.
Nossa reportagem também conversou com mais um morador do Bairro, Luiz Inácio Neto, 44 anos, ele se diz triste com tamanho desrespeito “só pra vocês terem uma ideia da dificuldade de acesso a nossa rua, quando a ambulância é acionada para prestar socorro a alguém doente aqui, o veiculo fica lá na parte de cima na Avenida Coronel João Paracampos ai quem esta doente tem que se deslocar a pé para chegar até a ambulância. Outro problema que nos chama a atenção são as crianças que brincam aqui diariamente descalças e que podem contrair varias doenças, eu como pai fico muito preocupado”. A mesma lamentação é de Antônio Milton Muniz de Lima, 47 anos, indagado ele fala da situação precária que vive o Bairro, “nunca se viu tanto abandono e descaso com a população, que paga seu IPTU, que cumpre com as suas obrigações e não têm suas demandas básicas devidamente atendidas, eu estou reclamando com razão porque foi à primeira promessa do atual Prefeito [Dé], quando esteve em nossa rua em época de campanha, ele prometeu que se fosse eleito iria estruturar o bairro logo que assumisse o cargo. Já se passaram dois anos e três meses e nada foi resolvido, só promessa, e é por que a rua tem o sobrenome de progresso”, falou em tom de risos.
Outro problema ainda na Rua do Progresso foi levantado pelo morador Antônio Viana, ele reclama da precariedade da instalação de fios de alta tensão no bairro, “como vocês podem ver nesse poste enfrente aqui em casa, os pássaros fizeram um ninho dentro da caixa de visita e às vezes acontece curto-circuito e logo temos que desligar todos os eletros- domésticos. E há muitos meses estamos com esse poste nas escuras, vocês podem observar que tem um pássaro que foi eletrocutado pendurado ai no poste, esse outro poste que liga a Avenida Coronel João Paracampos a Rua do Progresso está torto, estamos com medo de ele desabar já que os fios passam enfrente as nossas casas, estamos preocupados e com medo”.
Bairro São Sebastião
Em seguida nos deslocamos ao Bairro São Sebastião, os moradores também reclamam do abandono da Praça e da falta de zelo com saneamento básico e esgoto, é o que explica a residente, Antônia Regiane Alexandre de Castro, 38 anos, “é uma vergonha um bem público como a praça da nossa rua esta abandonada desse jeito, é um descaso por parte da Prefeitura que há poucos dias esteve aqui mudando esses adesivos dos postes e não vieram aqui fazer a reforma na praça, eles acham melhor esta fazendo propaganda do que ajeitar a praça que servia de laser, qual a serventia de um adesivo com a logomarca da Prefeitura? Aqui está precisando de uma reforma com urgência, as crianças não têm com que brincar tudo está quebrado e tem muitas pedras soltas, inclusive esse suporte de cimento que servia pra guardar a televisão esta a ponto de cair, causando um grande risco para as crianças”, Outro problema levantado pela moradora foi o lixo que sempre acumulava e acabava caindo na rua, “como vocês podem ver o lixo esta ai acumulado ai há quatro dias, fica vizinho ai da praça, nos não sabemos o que fazer vamos apelar pra quem? Choró é a única cidade onde não se recolhe lixo em finais de semana ou feriados, quando chove o lixo toma conta da rua”.  A idosa Maria Lúcia Pinheiro de Lima, 70 anos, estava jogando o lixo em contêiner, mas já estava abarrotado, “aqui não tem mais espaço pra colocar o lixo, nós já pedimos mais contêineres, mas nunca fomos atendidos”. O mau cheiro também pairava sobre o bairro, é impossível almoçar com esse mau cheiro insuportável” concluiu a aposentada.
Por telefone, nossa equipe de reportagem conversou com o Secretário de Infraestrutura, José Ribeiro da Silva, popularmente conhecido como José Estelito, “eu como secretário tenho o maior interesse de resolver esse problema, os projetos de recuperação da Praça e do calçamento da rua do Progresso já foram encaminhados, lá para o dia 15 de abril deveremos está começando todo o processo de recuperação dessas áreas”. Com relação ao recolhimento do lixo nos finais de semana e feriados, que a moradora reclama que não existir, o secretário explica, “o grande problema é que os meninos que trabalham recolhendo o lixo, não querem trabalhar nos feriados”.
O Portal Revista Central disponibiliza dois slides de fotos mostrando a situação atual dos bairros, e também um vídeo de um cinegrafista amador, mostrando uma criança brincando na lama em um buraco da Praça do Bairro São Sebastião após as chuvas.
 
Confira as imagens na RC TV:
  
Descaso bairro São Sebastião -Choró

Mais Informações: 
Rua do Progresso telefone público – (88) 3438-1245.

Bairro São Sebastião: Regiane, Moradora – (88) 8854-5439.
Prefeitura Municipal de Choró: (88) 3438-1096

Jonathas Oliveira

Correspondente em Choró
(88) 9454-0003/9418-0369
E-mail: jonathasmaci@hotmail.com

Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...