Compre Agora

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Gaiolas estavam guardadas em um depósito da empresa vencedora da licitação

Por Jackson Perigoso
Falta agora explicação sobre a manutenção dos mais de R$ 100 mil reais.
Uma grande reviravolta da base opositora ao ex-prefeito José Ilário Marques denunciaram nos últimos dias aos veículos de comunicação, bem como a Procuradoria Contra os Crimes Administrativos – PROCAP, o possível indício de irregularidades na aquisição de gaiolas para a criação de peixes em comunidades rurais de Quixadá, por parte da Prefeitura Municipal, quando na gestão de Ilário Marques.

O clima aumentou na última semana, motivando inclusive os opositores a pedirem a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal de Quixadá, chamada "CPI das gaiolas fantasmas". As  gaiolas de fato foram compradas e pagas pela administração pública. No dia 15 de novembro de 2006 havia sido licitação para implantar um reservatório de criação de tilápias nas comunidades de Boa Vista, Vitória, Lagoa do Mato, Jerusalém, Califórnia, Guanabara, Maria Preta e Floresta.
O que mais chama a atenção foi quem  as gaiolas estavam no depósito da empresa que havia vencido a licitação. Prova disso é que algumas já estão com ferrugens. Em entrevista ao portalRevista Central, o empresário Roberto Poty, garantiu que as gaiolas estavam em seu depósito desde de 2008. “Liguei para o prefeito e disse que ele mandasse buscar e guardar no depósito da prefeitura”, destacou. Agora os políticos envolvidos terão que explicar a outra denuncia dos vereadores, quando afirmam que foram gastos pela administração municipal o valor de R$ 112 mil para manutenção dessas gaiolas, quando as mesmas estavam guardadas.
Na manhã desta terça-feira, 23, um caminhão chegou a Secretária de urbanismo e Meio Ambiente com 53 gaiolas.
A reportagem do portal Revista Central, entrou em contato via celular com o ex-prefeito Ilário Marques, por volta do meio dia, mas as ligações não foram atendidas e até o fechamento desta matéria o mesmo não retornou as ligações.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...