Compre Agora

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Trabalhadores do Transporte Rodoviário do Sertão Central divulgam carta aberta às autoridades

Nossa redação acabou de receber comunicado aberto dos trabalhadores do transporte rodoviário da região do Sertão Central, a carta é direcionada ao Governador do Estado Cid Ferreira Gomes e aos Deputados estaduais e Federais.

Confira na integra:

Carta Aberta dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário da Região do Sertão Central (Ibaretama, Choró, Ibicuitinga e Banabuiú).

Exc. Sr. Governador do Estado do Ceará

Exc. Srs. Deputados Estaduais e Federais

Cumprimentando-os cordialmente, dirigimos a V. Sa, para tratar do problema que vêm ocorrendo ultimamente com nós motoristas dos transportes alternativos (Pau de Arara) dos municípios de Ibaretama, Choró, Ibicuitinga e Banabuiú.

Acreditamos que o Ceará precisa da construção de uma vida digna no campo e na cidade, o que diz respeito o direito de ir e vir da comunidade. Exemplo disso é o trabalho dos trabalhadores dia-a-dia para a cidade de Quixadá, o que ultimamente vêm sendo negado por parte das constantes blitz que vem acontecendo. Mas uma vez somos chamados a nos posicionar frente a esse problema que assola nossa região do Sertão Central.

Nesse Sentido solicitamos de Vossa Senhoria a disponibilidade para juntos construirmos um projeto que garanta o direito de ir e vir sem causar qualquer transtorno para ambas as partes. Diante da realidade propomos as seguintes demandas:

1 - Liberação dos transportes das regiões citadas acima para a cidade de Quixadá.

2 - Criação de uma cooperativa de trabalho onde os motoristas irão se organizar para as tomadas de decisões coletivas do grupo.

Aproveitando o ensejo reforçamos que tão importante quanto lutar e conquistar políticas publicas é manter a soberania da classe trabalhadora, sendo assim, acreditamos que a renda interna de Quixadá, como a sustentabilidade de inúmeras famílias dos trabalhadores são mantidas pela disposição desses transportes levando os clientes a cidade, além de que as pequenas cidades ainda não dispõe de órgãos como INSS, SINE IDT e outros.

Essa carta chegou a nossa redação por ativistas do movimento que se forma nas cidades citadas para encontrar uma solução para o problema, em Ibaretama amanhã o STTR promove encontro para traçar novas metas para a categoria.

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...