Compre Agora

domingo, 26 de dezembro de 2010

Acidente grave em Quixadá deixa pelo menos um morto

O condutor do veiculo fugiu sem prestar socorro. 

Aconteceu na tarde deste sábado, 25, na CE-359, popularmente conhecida como Estrada do Algodão, no município de Quixadá, um grave acidente envolvendo um carro, uma morto e uma bicicleta. Até agora uma pessoa morreu no local do sinistro.

Mais uma tragédia aconteceu nas estradas do Ceará, dessa vez foi em Quixadá, na entrada do bairro Botô, zona periférica. Um Avicultor estava vindo do seu trabalho, quando ao tentar dobrar a esquerda para entrar no bairro Ruinha, foi colidido por um veiculo que só foi parar a 50 metros depois. Na batida um ciclista que estava indo para a sua residência que fica no bairro Boto, foi atingido e está gravemente no Hospital Dr. Eudásio Barroso em Quixadá.

A vítima fatal trata-se do avicultor José Marcos Teixeira, 39 anos de idade, solteiro, vinha do trabalho na sua moto Honda Fan de placa 6583, com discrição de Quixadá, foi colidido pelo veiculo Hyundai de placas NRC – 4913, com discrição de Fortaleza. O condutor fugiu sem prestar socorro, segundo Policia o motivo foi possivelmente com receio de linchamento.  O ciclista que não foi identificado encontra-se em estado grave no hospital.

A reportagem do portal Revista Central falou com a irmã da vítima, Liduína Maria, ela estava desesperada pela perda de mais um parente de sua família, segundo ela, seu pai morreu há poucos dias.

Equipes das policiais Rodoviária Estadual, Polícia Militar e Civil estiveram no local, acionaram o Rabecão do Instituto Médico Legal de Quixeramobim que conduziu o corpo da vítima para os devido procedimentos legais.

Um comentário:

******* disse...

A informação de que o condutor do automóvel "fugiu sem prestar socorro" é inteiramente falsa. Após o acidente, o motorista permaneceu no local para solicitar ajuda de veículos de resgate, e foi socorrido para o Hospital Eudasio Barroso, de onde foi para a a delegacia de Polícia Civil prestar todos os esclarecimentos. O acontecimento foi lamentável, mas não podemos deixar o sentimento de perda se confundir com uma revolta injusta!

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...