Compre Agora

sábado, 4 de dezembro de 2010

Motoristas interditam rodovia em Choró


Protesto foi devido ao retorno de fiscalização dos órgãos de transito.
A população do município de Choró, no Sertão Central cearense, foi surpreendida na manhã de ontem com um bloqueio na Rodovia CE 456, que liga Choró a Quixadá. O trecho foi interditado por motoristas e proprietários de veículos alternativos Pau-de-arara, que fazem a rota entre essas duas cidades.
O movimento é um protesto ao DETRAN e Governo do Estado, insiste na rigorosa fiscalização, como aconteceu no dia anterior. Segundo Milton Granjeiro, presidente da Associação dos veículos Alternativos, a ‘perseguição’ voltou após a eleição. Afirmou ainda, que todos dependem da rota para trafegar e sobreviver do trabalho. O serviço alternativo de veículos na rota Choró/Quixadá/Choró é antigo. Mesmo tendo sido emancipado, as pessoas ainda optam por serviços: compras, negócios, bancos dentre outros. Quase três horas depois da CE interditada, chegou uma composição da Policia Militar sob o comando do Major Humberto, que cautelosamente iniciou o entendimento. Em seguida, chega ao local quatro motoqueiros da Policia Rodoviária Estadual - PRE, e na linha de frente a Cabo Fialho, que após uma ligeira conversa, conseguiu a liberação da Rodovia. Antes de o trecho ser desobstruído. Granjeiro transmitiu a notícia de que DETRAN assegurou conversar com os motoristas.
Depoimentos:
Lindomar Sousa/Radialista de Itaporanga/Paraíba, viajava de moto para Canindé, visitar sua mãe, que está internada no Hospital São Francisco, disse: “Lutem pelos direitos deles que é lógico e legitimo, porém, respeito o nosso”
Cristiano Sousa/Professor estava indo também para Canindé, quando tomado de surpresa. “No início pensei trata-se de acidente”. Para o educador Quixadaense, que faz a rota três vezes por semana.
Dias atrás o portal Revista Central havia publicado uma reportagem sobre o assunto dos veículos alternativos na região.
Paulo Simião 
Colaborador em Choró
Jackson Perigoso
Edição
Alex Pimentel
Foto

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...