Compre Agora

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Chuvas transformam paisagem na zona rural de Ibaretama


Segundo dados colhidos por nossa reportagem já choveu pelo menos 200% acima da média só neste mês de dezembro.

O município de Ibaretama, Sertão Central, segundo dados do Senso do IBGE 2010 é basicamente um município rural, sua principal fonte de renda é a agricultura de subsistência, as culturas como milho e feijão ainda estão entre as culturas mais cultivadas pelos agricultores dessa região. 

O ano de 2011 ainda nem começou e os agricultores foram surpreendidos pela grande quantidade de precipitações neste mês de dezembro. Agricultor animado, sertão verdinho, é esse o atual cenário do sertão que há pouco sofria com a escassez de água.

No distrito de Nova-Vida que o Portal Revista Central mostrou no mês de setembro com dificuldade de água até para o consumo de animais, as precipitações já atingiram neste mês de dezembro pelo menos 200% acima da média anual, neste ano as chuvas ficaram abaixo da média em 50%, não é comum chuvas superiores a 30 milímetros nessa região, o distrito tem até agora no município de Ibaretama o maior registro de precipitações.

Ao mesmo tempo em que a chuva traz alegrias, traz também reocupações, em 2009 o distrito ficou isolado por pelo menos 3 semanas devido ao desastre provocado por grandes chuvas, a expectativa dos agricultores dessa região é que o inverno seja equilibrado, as chuvas até agora têm sido fortes e demoradas, os reservatórios que abastecem a comunidade já estão com 20% de sua capacidade, em setembro estavam com 5%, a comunidade é uma das mais distantes da sede do município e seu principal polo comercial continua sendo Quixadá a 72 km de distância.

Para os mais velhos, 2011 terá um bom inverno, o agricultor Tarcizio Aires, 48, disse que espera uma quadra regular “em 2009 sofremos com a cheia, 2010 com seca verde, esperamos que em 2011 possamos ter uma quadra equilibrada”.

Os agricultores estão aproveitando de forma rápida as precipitações, notamos que agricultores não quiseram esperar pelo famoso programa do governo que distribui horas de trator, o arado voltou a fazer parte do cenário da agricultura familiar, as pequenas áreas foram preparadas e já estão plantadas. Tratores particulares já estão fazendo as maiores áreas, “não podemos perder tempo esperando pelo governo, essas ações demoram e quando chegam às vezes é bem tarde” disse o agricultor João Viriato de 50 anos. 

A chuva transforma a paisagem e renova a esperança do sertanejo de que um bom inverno possa trazer grandes alegrias para todos que dependem dessa cultura para sobreviver, sem os programas assistenciais do Governo Federal esses agricultores e agricultoras estariam em situação bem pior, visto que em 2010 o inverno não atendeu as necessidades de produção. 

Mais informações:
Associação para o desenvolvimento da Fazenda Santa Rosa
Fazenda Santa Rosa – Nova Vida

Karpegeanne Vieira
Editor-chefe do Ibaretamanet.com

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...