Compre Agora

domingo, 5 de dezembro de 2010

Cidades já podem se inscrever na Banda Larga


As prefeituras interessadas em fazer parceria com a Telebrás na implementação do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) já podem encaminhar suas informações para o formulário disponível em site da empresa.
A iniciativa atenderá tanto aqueles municípios que já dispõe de uma rede de fibras ópticas e têm interesse de interligá-la com a rede nacional de telecomunicações, que está sendo construída pela Telebrás, bem como aqueles que não dispõe de infraestrutura e que podem contratar a empresa para a sua implementação.
O mapeamento dos provedores também está disponível no site.
As prefeituras parceiras poderão assim fornecer banda larga para órgãos públicos localizados em seus respectivos municípios, além de ofertar o acesso diretamente aos cidadãos, desde que gratuitamente, e implementar cidades digitais.
A Telebrás também assinou no dia 30 de novembro, em Brasília, o primeiro acordo de cooperação técnica para viabilizar a conexão com internet banda larga de órgãos públicos federais localizados na região de Campinas.
O documento foi assinado pelo presidente da Telebrás, Rogério Santanna, e pelo diretor-presidente da Informática de Municípios Associados (IMA), Pedro Jaime Ziller. A IMA é uma empresa de economia mista que tem a Prefeitura de Campinas como a sua principal acionista.
O acordo permitirá compartilhar a rede nacional de telecomunicações com a infraestrutura de fibras já construída pela IMA em sua região de atuação. Campinas está na lista das 100 primeiras cidades que serão contempladas pelo Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) e que foram divulgadas em agosto deste ano pelo Governo Federal.
Santanna disse que este é o primeiro esforço de integração com redes municipais e que a Telebrás poderá ser parceira de outras entidades também interessadas em compartilhar suas infraestruturas. Informou, ainda, que já existem tratativas neste sentido com estados como o Ceará, Espírito Santo e com a Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa (Abep).
A conexão com banda larga rápida e barata a mais de 138 mil pontos de governo até 2014 em todo o país é uma das metas do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) que, neste prazo, pretende chegar a 4.283 municípios brasileiros. A população beneficiária é de 162,8 milhões de pessoas.
Acessoria de Comunicação da Telebrás

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...