Compre Agora

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Policiais de Itapiúna podem ser despejados a qualquer momento


Por Jackson Perigoso
População tem quase 20 mil habitantes e recebe a segurança de quatro homens.
A segurança pública do município de Itapiúna, no Sertão Central cearense, entra no ápice da maior calamidade publica ao longo dos seus 53 anos de emancipação política. Além da bagunça administrativa no executivo municipal, a segurança não fica atrás dessa crise imoral.
Hoje,7, faz cinco dias que a cidade recebeu uma tropa de bandidos na qual levaram toda a quantia de uma agência bancária. Sabendo que na cidade havia apenas quatro policiais para oferecer paz na cidade, o bando fez o que quiseram. Mas o que tem chamado a atenção e aumentado o medo da população é saber que o pouco efetivo policial pode ficar sem sede a qualquer momento, o motivo é o inadimplemento do aluguel.
Quem deveria efetuar o pagamento do imóvel locado seria a Prefeitura Municipal, porém, até o momento o responsável não recebeu o pagamento e ameaça expulsar os policiais por falta da quitação do debito.
A situação é tão feia que os policiais têm apenas uma motocicleta para trabalhar, isso porque um dos policiais resolveu a colocar o seu transporte próprio a disposição da corporação. A única viatura que não tem mais condição de fazer as rondas encontra-se quebrada.
Conforme encontrado no site Wikipédia, Itapiúna advém do vocábulo itapeuna que significa, segundo Silveira Bueno, a pedra negra, o lajeado preto. Do tupi itapé: laje; e una: preto. Segundo outros autores, significa caminho das pedras pretas. De itá: pedra; pé: caminho; e una: negra.
Os municípios limítrofes são: Norte: Capistrano e Aratuba, Leste: Baturité e Ibaretama Sul: Quixadá e Choró, Oeste: Canindé.

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...