Compre Agora

sábado, 7 de maio de 2011

Superlotação: Pau-de-arara transporta quase 110 estudantes no município de Choró


Por Jonathas Oliveira
Ao todo 109 alunos são transportados dos distritos de Palestina, Serra da Palha e Riacho do Juazeiro.
Há mais de um ano alunos da rede pública municipal, estão sofrendo com a superlotação do transporte escolar no município de Choró, no Sertão Central cearense. Os estudantes das localidades de Palestina, Serra da Palha e Riacho do Juazeiro fazem o trajeto até a escola em um caminhão pau-de-arara superlotado com aproxidamente 110 alunos para chegar até o colégio.
Os alunos do Centro Educacional Municipal Dom Bosco e da Escola do Estado, Maria de Fátima Verçosa Damasceno, utilizam o veículo com frequência. O problema está causando muita preocupação por parte dos pais e medo por parte dos estudantes que vivem essa triste realidade. Eles reclamam das condições do transporte escolar. O carro anda lotado. A Auxiliar de serviço, Maria Irenilda Lemos Santos, 43 anos, tem dois filhos pequenos que estudam na sede do município e explica que já imaginou tirar os filhos do colégio por conta da superlotação do transporte escolar, “é triste ver os filhos da gente andando em um carro desse, a gente espera a qualquer hora uma triste notícia, eu fico apavorada com essa situação, já estive na Secretaria de Educação, mas, as vezes que fui o secretário estava ocupado ou em reunião, a única coisa que queremos é que seja colocado mais um carro”, destaca.

Na localidade de Palestina onde o transporte passa por último, já não há mais bancos disponíveis e muito menos onde segurar. Em muitos casos, eles se esticam e se apertam, em pé, para conseguir segurar na capota. Sem espaço os mais afoitos vão em pé nas grades ou sentados na carroceria. O estudante, Francisco Edivaldo Fernandes Ferreira, 19 anos, residente na localidade de Palestina, relata que sente muito medo de andar no transporte escolar, por conta da superlotação e das estradas que não oferecem condições de trafegar. “Meu sentimento é de medo, ando no transporte com meus dois irmãos e três sobrinhos de menores, fico preocupado e com medo que possa acontecer alguma coisa grave, já que o caminhão é lotado, como não tem espaço algum, alunos vão pendurados nas grades”. Segundo Edivaldo, foi feito um cadastro de alunos que são transportados no “pau de arara” e ao todo 109 estudantes fazem o trajeto nessas condições há pelo menos um ano.
O estudante ainda relata que uma vez o caminhão chegou a estourar um dos pneus já na volta para casa, alunos começaram a gritar outros a chorar, foi aquele pânico total, “nossa foi um desespero, muitos pularam pensando que o caminhão iria virar mais graças a Deus nada aconteceu, só o susto mesmo”.
Em entrevista ao portal Revista Central, o Secretário de Educação, Manoel Maciel de Queiroz, disse que o transporte escolar do Município de Choró tem sido um dos maiores entraves que ele encontrou na educação, “o município é extenso, estradas ruins e que não nos favorece, um transporte de acordo com o que a população exige, mais até hoje aqui no meu gabinete nunca recebi nenhuma pessoa da Palestina, Serra da Palha e Riacho do Juazeiro, nos tínhamos nos anos anteriores dois carros, uma pessoa não quis mais fazer a rota e as pessoas que estavam lá nos afirmaram que um carro só, daria para conduzir todos os estudantes, desde que esse carro fosse aumentado a sua capacidade de transportar pessoas. Eles nos falam que é mais de 100 pessoas, nós verificamos, e não é, essa quantidade que o povo fala, pode ser próximo, mais especificamente não é”.
Na localidade de Serra da Palha quem fala sobre o problema é a agricultora, Cícera Lima da Silva, 37 anos, segundo a residente, a filha de 11 anos e os outros amigos estão correndo risco por conta que são bastantes alunos em um único veículo e as estradas muito ruins, “é um perigo, a gente ver a hora acontecer um acidente com eles, o que nós queremos é outro transporte, assim agente vai poder ficar mais sossegada”. Já o agricultor, Sebastião Paulino de Lima, 55 anos, da localidade de Serra da Palha, explica que fica assustado quando o caminhão passa enfrente a sua residência lotada e ainda tem quem apanhar os alunos da Palestina, “eu só fico tranquilo quando meu filho de 15 anos chega em casa, eu como pai fico muito preocupado mais graças a Deus nada de mais grave tem acontecido.” De onde o carro parte até a sede do município são aproximadamente 26 km. A reportagem acompanhou o transporte escolar da localidade de palestina á 5 km de Choró e constatou a superlotação do veículo, alunos sem espaço, alguns são obrigados a andarem na grade pendurados correndo risco de cair. Também foi constatado que o motorista anda bem devagar, mostrando assim preocupação com os estudantes, relata assim todos os alunos que estavam no pau-de-arara.
Indagado pela reportagem do portal Revista Central, o secretário reafirma que até hoje nunca recebeu alguém das localidades para discutir uma melhor saída para o problema “se eu pegar da Palestina, digamos que na Serra da Palha encha o carro, superlote, e na Palestina não da mais para trazer ninguém, então eu vou mandar um carro da Palestina pra cá, eu quero fazer isso, mais quem é que vai colocar um carro para rodar 10 km por dia? Eu já divulguei na impressa local, mais até hoje não apareceu nenhum dono de transporte que quisesse fazer a rota, Riacho do Juazeiro, Serra da Palha e Palestina”.
O Secretário ainda falou de sugestões que poderiam resolver esse problema, “A maioria dessas pessoas que moram, Serra da Palha e Palestina, moram as margens do Açude Pompeu Sobrinho, onde passam barcos todos os dias, inclusive antes eles eram transportados de barcos que é um dos meios de transportes que as pessoas que moram na represa utilizam com frequência. Até hoje a comunidade não apareceu aqui, nenhum pai, o que é que eu vou fazer? Eu vou ter que adivinhar do problema para que eu possa fazer algo? Não! Estou consciente da nossa responsabilidade. Eu tenho cumprido com ela e eu estou esperando o pessoal da comunidade para juntos solucionarmos esse problema da quantidade de alunos que são transportados nesse carro que faz a rota Riacho do Juazeiro, Serra da Palha e Palestina. E eu peço mais uma vez que as comunidades venham até a mim”. Enfatizou.
Confira as imagens da RC TV:
Confira mais vídeos da RC TV (clique aqui)
Jonathas Oliveira
Correspondente em Choró

(88) 9418-0369/9454-0003
E-mail/MSN: jonathasmaci@hotmail.com


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...