Compre Agora

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Em nota, Secretário da Seduma esclarece matéria do portal Revista Central

Local do antigo Tiro de Guerra será a nova delegacia Regional de Polícia Civil.
A matéria “Tiro de Guerra de Quixadá jamais será reativado pela Prefeitura”, que teve repercussão em vários veículos de comunicação na região do Sertão Central e Centro Sul, recebeu esclarecimento do Secretário de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente de Quixadá, Carlos Augusto Vitorino. 
Esclarecimentos
Na qualidade de Secretário de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente de Quixadá (SEDUMA), pessoa que recebeu o secretário adjunto da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, Delegado Nival Freire, que esteve em Quixadá em visita oficial para tratar sobre a doação de um terreno a ser edificado o prédio da Delegacia Regional de Polícia Civil neste município, venho por meio deste prestar esclarecimento a cerca da afirmativa do colunista Fábio Oliveira que, de forma equivocada, colocou em sua matéria, edição do dia 28/05, último sábado, o seguinte: O local onde disciplinava os jovens, agora será o espaço onde os jovens serão aprisionados. A doação do prédio foi uma forma da prefeitura não gastar com a compra de novos terrenos. Ou seja, fecha uma porta para abrir outra”.

O equívoco do colunista nessa afirmativa, se verifica em várias vertentes, de trás para frente, afirmar que a prefeitura não doou o terreno denota uma falta de atenção por parte do colunista, do que diz a matéria do Portal da Prefeitura, postada por ele mesmo, neste Portal, quando eu afirmo categoricamente: Entreguei nas mãos do secretário a titularidade do terreno e fiquei de enviar para o e-mail dele toda a medição da área para que ele possa tomar as providencias necessária e posteriormente nós mantermos um contato para dar prosseguimento à conversação”. Complementando o raciocínio, quando falo enviar por e-mail toda a medição da área, me referi ao terreno onde está localizado o prédio do antigo TG, nada a ver como terreno proposto pelo governo para a construção da delegacia, até porque, no documento que eu entreguei ao Delegado Nival, constam todas as informações sobre a área doada.
Sobre a unidade do Corpo de Bombeiros
O prefeito Rômulo Carneiro em entendimento com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, havia disponibilizado toda área onde está situado o antigo TG – 10.016, para abrigar a Unidade do Corpo de Bombeiros, equipamento que se encontra instalado em Quixeramobim. O prefeito me orientou que informasse ao secretário adjunto desse entendimento e que solicitasse dele intervenção no sentido de uma definição para essa parceria. Também fui orientado pelo chefe do executivo, que tratasse com ele sobre o Kit para aquisição de Carteiras de Identidade. Tratado os assuntos, o Delegado Nival Freire ao aprovar o terreno apresentado e ter conhecimento das conversações em andamento sobre o TG e a implantação da Unidade dos Bombeiros, me indagou: “Será que o prefeito aceitaria uma troca de localização da edificação?, ou seja, ao invés do Corpo de Bombeiros ficar na frente nessa sede, nós construiremos o prédio da delegacia na frente e as instalações dos Bombeiros no terreno destinado a delegacia!, eu de pronto disse que sim e que ele e o governo ficasse à vontade para trabalhar as áreas. Foi aí que o delegado solicitou que enviasse fotos e medidas da área do terreno, local onde está localizado o antigo TG – 10.016. Todas as informações foram repassadas para o prefeito Rômulo Carneiro ainda o sábado, que aprovou as minhas decisões a cerca do assunto.
Quanto a afirmativa de que: O local onde disciplinava os jovens, agora será o espaço onde os jovens serão aprisionados”. É do conhecimento de todos que uma delegacia de polícia não se limita à apenas aprisionar pessoas, a função social desse equipamento é muito maior que isso, afirmar relacionando jovens dessa forma, é não acreditar no poder que os próprios jovens tem de se superar e, atribuir o espaço a prisões para eles, pra mim é afirmar, como se a maioria das ocorrências de prisões na delegacia, fossem de jovens, isso não condiz com a realidade.
Por fim, está consolidado, o terreno já foi doado, tem escritura pública, está a critério da Secretaria de Segurança Pública quando irão iniciar as obras. Pelas informações do Delegado Nival Freire, serão iniciadas logo que concluída o processo licitatório e que, em oito meses, a sede da Delegacia Regional da Polícia Civil, bem como a sede do Corpo de Bombeiros, serão inaugurados em Quixadá, palavras do secretario adjunto, Nival Freire.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...