Compre Agora

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Exclusivo: Homicída fala sorrindo e diz não se arrepender de ter matado homem a pauladas


A entrevista com o assassino é de chocar pela frieza ao contar detalhadamente os fatos.
Um homem frio e que em nenhum momento se mostrou arrependido por ter ceifado a vida de um ser humano. A entrevista que o assassino Adriano Marciel de Freitas, 30 anos, concedeu com exclusividade a reportagem do portalRevista Central e a RC TV é de chocar, demonstra o outro lado do homem e nos faz refletir como os seres humanos estão violentos e calculistas.
O agricultor Adriano Marciel confersou para nossa reportagem os verdadeiros motivos que o conduziu a matar a pauladas um cidadão com aproximadamente de 50 anos de idade na noite da segunda-feira, 23, no bairro São João, na cidade de Quixadá, no Sertão Central cearense. Sem remeter remorso, quando perguntamos ao homicida se ele falaria com a equipe do portal Revista Central e da RC TV, disse que era um prazer, “meu sonho é ser famoso”, fala sorrindo como nada estivesse acontecendo na sua vida.

O assassino foi preso no início da noite desta terça-feira, 24, graças a uma intensa operação idealizada por Policiais Militares da 2ª Companhia do 1º Batalhão Provisório de Quixadá, sob o comando do Tenente-Coronel Edvar Azevedo. “Sabíamos que a qualquer hora ele sairia do matagal, por isso fizemos cabana para prender o elemento e quando foi no inicio da noite ele ao tentar ir para casa de sua mãe, a polícia conseguiu prender sem que ele pudesse fugir”, destacou Edvar. Ainda durante todo o dia um helicóptero da Companhia de Policiamento Aéreo – Ciopaer da cidade de Iguatu, deu suporte aos policiais que sabiam que o acusado estava infiltrado na mata fechada.
“Estava bebendo com este caba (vítima) lá dentro (sítio) até uma 4 horas da tarde. Foi então que ele falou em minha mulher (ex-esposa), essa minha mulher já sou separado, mas só que ainda gosto dela, ai eu não achei bom”. Este foi apenas o real motivo que de acordo com Adriano Marciel de Freitas lhe motivou a matar brutalmente o idoso.
A briga começo no terreiro da casa do sítio do Antônio Louro. “Bati nele com um pau. Lembro que dei três pauladas. Matei porque ele não mim respeitou, por minha obediência”. Ao ser perguntado se estava arrependido, foi claro, “tô não, já aconteceu, pronto". O assassino é pai de dois filhos, sendo um com 3 e o outro com 5 anos de idade. A tábua usada tinha dois pregos.
De acordo com o Comandante Edvar Azevedo, Adriano Marciel tem um mandado de prisão em aberto na Comarca de Choró, ele também responde aos artigos 14, II, 157 e agora 121 do Código Penal, o mesmo também confersou que já puxou cadeia, mas que não sabia que estava com prisão decretada, ao saber, ele deu um sorriso e disse “Ave Maria sai ontonte da cadeia, tô lascado (risos). Passei um ano e dois mês de um e cinco mês de outro”, citou com sorrisos.
Disse ainda que a vida na cadeia, tendo um bom comportamento não é tão ruim. Garante ainda que é possível fazer amizades dentro da prisão. A Polícia Militar mais uma vez conseguiu tirar um assassino de circulação e evitar que ele pratique outros crimes, resta saber se a justiça manterá por muito tempo atrás das grades.
Comente a entrevista e faça a sua análise sobre o comportamento deste homem. Você acha que ele tem condição de ser ressocializado e voltar ao convívio da sociedade?
Mais Informações: 
Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá
Endereço: Rua Brasílio Pinto, 1445, Combate 

Fone: (88) 3445.1047
Confira as imagens da RC TV:
 
Confira mais vídeos da RC TV (clique aqui)
Jackson PerigosoReportagem
Chico Javali

Fotos e Imagens


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...