Compre Agora

sábado, 14 de maio de 2011

Polícia chega ao autor da carta que ameçava matar educadores do Liceu de Banabuiú


Por Jackson Perigoso
Alívio tomou de conta do medo que imperou durante toda a semana.
Uma semana que ficou marcada na comunidade educacional da Escola de Ensino Médio Jacob Nobre de Oliveira Benevides – Liceu de Banabuiú, no Sertão Central cearense, e que rendeu repercusão nacional, chegou ao fim graças ao agíl trabalho de investigação da Polícia Civil de Banabuiú e de Quixadá, tendo a frente à Delegada Rachel de Queiroz. Após uma cautelosa perícia dos investigadores a polícia chegou ao autor da carta com ameaça de morte a duas educadoras do colégio no fim da tarde desta sexta-feira,13.
A informação chegou à redação do portal Revista Central através de um comentário postado na reportagem “Com medo, alunos do Liceu de Banabuiú faltam aulas nesta sexta-feira, assinada pela professora Ana Nobre. Por telefone, a educadora confirmou a informação, de acordo com ela, ainda na tarde de ontem, 13, havia sido encontrada outra carta com pedidos de desculpas, na qual o autor citava que não imaginava que tomaria tamanha repercussão.

Em contato com o polícial Militar Menezes, do Destacamento Polícial de Banabuiú, na qual nos confirmou a informação, disse que o autor é um aluno do 1º ano do Ensino Médio e que estuda no turno da tarde. Segundo o PM, o adolescente de 17 anos havia feito outro bilete pedindo desculpas pelas ameaças, entretanto, disse que havia encontrado no bebedouro da escola, foi então que com base na caligrafia um períto verificou que a letra das duas cartas era idêntica as anotações do cardeno do aluno. Logo após o aluno foi chamado a fazer esclarecimento, sendo que o mesmo confessou a autoria das ameaças, alegando que não tinha intenção em fazer nada, apenas uma brincadeira.
A professora Ana Nobre, disse que o aluno chegou à escola este ano e que o mesmo tem bom comportamento. “A partir de segunda-feira tudo voltará ao normal e esperamos que fatos como esse não volte a acontecer para deixar tantos adolescentes em aflitos. Agora vamos rezar por este jovem que fez um ato impenssado”, comentou.
A delegada Dra. Rachel de Queiroz conduziu o adolescente em companhia dos pais e do Conselho Tutelar de Banabuiú para prestar mais esclarecimentos na Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá.
Mais Informações:
Escola de Ensino Médio Jacob Nobre de Oliveira Benevides – Liceu de Banabuiú
Rua: Ana Amildo – Centro
Tel.: 3426-1562


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...