Compre Agora

domingo, 3 de abril de 2011

Ronda apreende 639 CDs/DVDs piratas de ambulantes clandestinos em Quixadá


O barato que em muitas vezes sai por um preço ainda mais caro.
A venda de Cds/DVDs piratas sempre foi uma prática bastante utilizada, por comerciantes ambulantes, devido a praticidade com que são baixados, e a grande quantidade que são adquiridos. Apesar da venda desses tipos de produtos serem consideradas ilegais no país o mercado negro não pára de produzi-los, o que acarreta muitos prejuízos as gravadoras, aos artistas, e até mesmo a quem os compram.
Muitos vendedores ainda resistem e persistem na venda desses produtos piratas, em muitos casos continuam vendendo por não ter outra opção de emprego, mas também os que o levam a venderem são os consumidores que são muitos, devido aos preços de CDs/DVDs originais considerados altos pela população.

Em Quixadá a polícia tem desafiado e detido comerciantes que ainda vendem produtos ilegais.  Na última sexta-feira,01, foram presos por estarem comercializando CDs e DVDs Piratas, José Maria de Sousa, 46 anos, residente no Centro da cidade de Redenção e Julie de Freitas da Silva, 43 anos, residente no bairro Jardim Santuário em Quixadá. Com José Maria foram encontrados 127 (cento e vinte sete) CDs e 293(duzentos e noventa e três) DVDs, bem como a quantia de R$ 154,80 (cento e cinquenta e quatro reais e oitenta centavos); com Julie de Freitas foram encontrados 57(cinquenta e sete) CDs, 18(dezoito) MP3s, 144(cento e quarenta e quatro) DVDs e uma quantia de R$131,10 (cento e trinta e um reais e dez centavos). Todos os discos encontrados com os dois acusados totalizam 639(seiscentos e trinta e nove), eram “piratas”.
Os acusados foram detidos em flagrante por venda ilegal de mercadorias falsificadas e foram encaminhados a Delegacia de Polícia Civil de Quixadá e registrado um TCO, em seguida liberados, ficaram a disposição da polícia e da justiça para eventuais solicitações a serem esclarecidas.
A falta de uma fiscalização permanente nesse sentido tem contribuído para a proliferação do segmento, que vem servindo de sustentáculo para muitas pessoas, mas também tem levado muitos comerciantes que vendem CD original à falência devido à concorrência desleal que vem sendo praticada em Quixadá e região, hoje, praticamente não tem lojas com CDs ou DVDs originais.
No Brasil a pirataria fere a licença de copyright e contra ela existe a Lei Antipirataria 10.695 de 1 de julho de 2003 do Código de Processo Penal, que pune os responsáveis e dependendo dos casos a pena pode chegar a 4 (quatro) anos de reclusão de pena, e multa. Apesar disso, a pirataria é muito praticada no Brasil sendo responsável pela geração de um grande número de empregos informais.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...