Compre Agora

sábado, 9 de abril de 2011

612.377 habitantes dos 20 municípios serão beneficados com o Hospital Regional


Por Jackson Perigoso
Reunião poderá definir localização do novo hospital regional.
Depois da inauguração do Hospital Regional do Cariri (HRC), na sexta-feira, 8 de abril, o Governo do Estado define na segunda-feira, dia 11, a localização do hospital regional do Sertão Central e Inhamuns, em reunião do governador Cid Gomes e o secretário da Saúde do Estado,  Arruda Bastos, com prefeitos, coordenadores regionais de saúde, secretários municipais de saúde, vereadores, conselheiros municipais de saúde dos 20 municípios que serão atendidos pelo terceiro hospital regional que será construído no Interior do Ceará. Para conquistar o apoio dos participantes da reunião, as cidades de Boa Viagem, Canindé, Quixadá, Quixeramobim e Tauá, candidatas a sediar o novo empreendimento do Governo do Estado na área da saúde, farão a defesa de suas propostas, a partir das 17 horas, no auditório do Centro de Convenções, Avenida Washington Soares, 1141, Edson Queiroz.

Com o futuro equipamento de saúde, o Ceará ganhará, em uma mesma gestão, os três primeiros hospitais públicos de grande porte do Interior do Estado – o Hospital Regional do Cariri, inaugurado no dia 8 de abril, o Hospital Regional da Zona Norte, em Sobral, com inauguração prevista para o mês de agosto, e o hospital regional que atenderá os municípios do Sertão Central e Inhamuns. Na reunião de segunda-feira também serão discutidos detalhes sobre o perfil e dimensionamento do novo hospital, de acordo com as necessidades de assistência hospitalar terciária dos municípios da região. A partir daí, terão início a elaboração do projeto e o processo para realização da obra.
A cobertura do novo hospital atinge a população de 612.377 habitantes dos 20 municípios da 5ª, 8ª e 14ª microrregiões de saúde. Atualmente, as microrregiões de saúde do Ceará são agrupadas em três macrorregiões – Fortaleza, Sobral e Cariri – cada uma com suas unidades de referência em assistência terciária. Com a construção do novo hospital regional, a Secretaria da Saúde criará a quarta macrorregião de saúde, garantindo melhor acesso aos serviços de saúde, com assistência terciária mais perto da população. Com os três hospitais regionais, o Governo do Estado levará ao Interior  serviços que atualmente, na rede pública, são realizados apenas na Capital, como a ressonância magnética, para dar qualidade à assistência clínica e cirúrgica de alta complexidade.

Confira os municípios que serão beneficiados: 
 
5ª Microrregião de Saúde
Boa Viagem 52.521
Canindé: 74.486
Caridade: 20.020
Itatira: 18.894
Madalena: 18.085
Paramoti: 11.308

8ª Microrregião de Saúde
Banabuiú: 17.320
Choró: 12.853
Ibaretama: 12.928
Ibicuitinga: 11.335
Milhã: 13.078
Pedra Branca: 41.942
Quixadá: 80.605
Quixeramobim: 71.912
Senador Pompeu: 26.494
Solonópole: 17.657

14ª Microrregião de Saúde
Aiuaba: 16.207
Arneiroz: 7.657
Parambu: 31.320
Tauá: 55.755


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...