Compre Agora

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Prefeito de Senador Pompeu faz campanha para Quixeramobim receber Hospital Regional


Prefeito de Senador Pompeu diz ser uma questão de bom senso escolher Quixeramobim.
 As articulações em torno da escolha do município que irá sediar o Hospital Regional da nova macrorregião de saúde no Sertão Central cearense continuam. Desta vez, o prefeito de Senador Pompeu, Antonio Teixeira, declarou voto a Quixeramobim e explicou o motivo de sua escolha.

O prefeito Antonio Teixeira afirmou que a escolha de Quixeramobim para sediar o novo empreendimento é uma questão de bom senso. “Discutida a questão da macrorregião, o estabelecimento do local onde deve ficar o Hospital tem que ir pelo bom senso. Nós temos que ver geograficamente. São critérios de distância entre um município e outro. Quixeramobim, eu entendo como um município que deverá ser favorecido pela localização, pois se levarmos o Hospital para um município que fique muito distante de uma grande maioria, nós estaremos sendo injustos”, disse.


O prefeito ainda ressaltou a questão política que se discute no momento: “Concordei e estou fazendo campanha para Quixeramobim sediar o Hospital Regional, porém é necessário esclarecer que a possível vinda do Hospital para este município não integra barganha política de quem quer que seja. O mérito da criação da macrorregião e da vinda do Hospital Regional é do governador Cid Gomes, não é mérito de nenhum prefeito da região. Não adianta nenhum prefeito ou político se apresentar como a pessoa que trouxe a obra. O benefício vem através do governador e nós, prefeitos, seja do PT, PSDB ou PMDB estamos envolvidos na escolha do melhor local”, afirmou.

Está prevista uma reunião para amanhã, 14, para que os municípios candidatos a sediar o empreendimento possam apresentar os motivos que os credenciariam a receber o Hospital. Após a exposição de motivos deverá ocorrer uma votação entre os representantes dos municípios que compõem a macrorregião, quando deverá ser escolhido aquele que irá receber a unidade hospitalar regional.

Do Sistema Maior de Comunicação com adaptações.

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...