Compre Agora

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

No reino das conceituações blogueiras

Por Nonato Albuquerque

É preciso dizer (a todos e a todas) o que poucos levam em conta, mas que todos sabem: 


... que um blog (em essência) não é um mero repetidor do noticiário geral, como fazem os sites vinculados aos portais de notícias; 

... que é algo mais leve, de texto mais criativo, com jeito irreverente e com um molho onde se revele a característica própria do blogueiro; 

É preciso dizer mais:

... que um blog é um diário, capaz de eleger frugalidades interessantes e assuntos sérios sem nenhum interesse;

... que, nele, deve-se usar o método clássico dos diários de outroras adolescências e não aquele velho tijolão do tempo em que uma 'boa reportagem' significava encher lingüiça (ainda tem o trema?) para fechar a página de um jornal;

... um blog é, ver e crer, um chamariz para matérias mais bem arrumadinhas, com uma certa dose de irreverência capaz de lincar (a) todos os sentidos. 

... um blog (de bom conceito e de boa família) tem que, à exemplo de tudo que é criação humana, cair em erro, algumas vezes. Ora, por que não compilar textos longos, desde que o autor tenha vontade? 

... afinal, uma das regras de um blog é exatamente não ter regras; 

... por isso mesmo, não se basta a nenhum conceito e nem se prende a nenhum formato mais rígido. 

... um blog é - como direi, senhores do plenário?

.... um blog é um blog!

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...