Compre Agora

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Pistolagens abalam o Sertão


Matadores de aluguel voltam a desafiar as autoridades policiais do Estado, deixando um rastro de sangue

Pentecoste, Quixadá, Jaguaretama, Tauá e Juazeiro do Norte. Estas cinco cidades do Interior cearense tornaram-se palco, em pouco mais de um mês, de seis crimes de pistolagem que deixaram 11 mortos. Entre as vítimas dos ´crimes de encomenda´ estão dois políticos, três policiais e um fazendeiro e bancário. As investigações em torno dos casos ainda estão em andamento e, por enquanto, a maioria dos episódios não foi ainda solucionada pela Polícia Civil.


A sequência de pistolagens teve início no dia 18 de agosto último, quando a cidade de Pentecoste (a 88Km de Fortaleza) foi palco de um duplo assassinato em que morreram Evaldo Carloto Bezerra, 39; e José Alaílson Martins Cunha, 28. Ambos foram fuzilados quando voltavam do enterro do pistoleiro Moacir Bezerra Cunha, também executado em um suposto crime praticado por matadores de aluguel em Fortaleza, no dia anterior.

Sequência

No dia 27 de agosto, a sequência de pistolagens deixou estarrecida a população da cidade de Quixadá, no Sertão Central (a 158Km de Fortaleza). A vítima era uma figura conhecida e de prestígio no Município e em toda a região. Tratava-se do bancário (gerente de crédito da agência local do Banco do Brasil), comerciante e fazendeiro Miguel Peixoto, 57.

A vítima foi emboscada quando chegava próximo à sua residência, no Centro de Quixadá, por um pistoleiro que o executou com vários tiros à queima-roupa. O caso provocou indignação na cidade. Miguel Peixoto era personalidade da sociedade quixadaense, pois já ocupara os cargos de presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e do Rotary Clube.

O mês de setembro de 2011 vem sendo marcado pelas pistolagens no Interior. Logo no dia 8, um crime com características de execução sumária ´encomendada´ ocorreu na cidade de Juazeiro do Norte, quando um policial militar, identificado como Evandro Carlos da Silva, 38, foi fuzilado por pistoleiros.

O crime ocorreu na avenida que liga Juazeiro a Crato e a Barbalha. O militar era conhecido na região por seu empenho na desarticulação de quadrilhas e tido como rigoroso com os delinquentes. Trabalhou durante muito tempo na Inteligência do 2º BPM (Juazeiro do Norte) e, por isto, era visado.

O quarto crime de pistolagem teve como ´palco´ o Município de Tauá, na Região dos Inhamuns (a 344Km da Capital), onde uma casa foi invadida e três pessoas assassinadas. Durante a fuzilaria, um dos criminosos acabou sendo também baleado e, no dia seguinte, encontrado morto nas proximidades da chacina. A fuzilaria ocorreu na noite do último dia 10, na localidade de São Joaquim, distrito de Marrecas, tendo como vítimas o agricultor Antônio Raimundo Filho, 46, o filho dele, Antônio Raimundo Filho, 23 (eram homônimos), e a adolescente Maria do Rosário Gomes de Sousa, 17. Também morreu o pistoleiro Antônio Manuel de Alencar, 26, conhecido como ´Antônio Marabá´. Neste caso, a Polícia agiu com rapidez e, logo nas horas seguinte aos crimes, prendeu os matadores.

Mais crimes

De volta às páginas policiais após uma breve trégua, a pequena cidade de Jaguaretama, no Vale do Jaguaribe (a 340Km de Fortaleza), assistiu a um crime de pistolagem que deixou a população temerosa. Aconteceu na tarde da última segunda-feira (19), em plena sede da Câmara Municipal, quando o prédio foi invadido por dois pistoleiros. Os assassinos balearam dois vereadores que tinham acabo de participar de uma sessão. Um deles, Marcos Rogério Machado de Lima, o ´Marcão´ (PRB), 32, não sobreviveu aos seis tiros de pistola calibre 9 milímetros que o atingiram.

Na terça-feira (20), em Juazeiro, pistoleiros mataram o vereador Amarílio Pequeno da Silva (PPS), 56; e o policial civil José Alves Bezerra.

Rosário de mortes

18 de agosto - Evaldo Carloto Bezerra, 39; e José Alaílson Martins, 28, são assassinados por pistoleiros na cidade de Pentecoste quando voltavam de um enterro

27 de agosto - Na cidade de Quixadá, é assassinado o bancário e fazendeiro Miguel Peixoto, gerente de crédito do Banco do Brasil local e ex-presidente da CDL

8 de setembro - O policial militar Evandro Carlos da Silva morre ao ser baleado por dois pistoleiros na avenida que liga Juazeiro a Crato

10 de setembro - Uma chacina deixa quatro pessoas mortas na zona rural de Tauá, entre as vítimas, uma adolescente de 17 anos

19 de setembro - Um pistoleiro invade a Câmara Municipal da cidade de Jaguaretama e atira contra dois vereadores. Um deles, Marcos Rogério Machado, o ´Marcão´ (PRB) não sobrevive. Outro político fica ferido

20 de setembro - Em Juazeiro do Norte, o vereador Amarílio Pequeno da Silva (PPS) e o policial civil aposentado José Alves Bezerra são fuzilados por um pistoleiro.
Do Diário do Nordeste / Fernando Ribeiro / Editor de Polícia.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...