Compre Agora

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Direito de reposta ao ex-presidente da Câmara de Ibaretama, João Vieira Picanço


Situação de Ibaretama a cada dia fica delicada.


O portal Revista Central e o Ibaretamanet democraticamente publica direito de resposta concedido ao ex-presidente da Câmara de Ibaretama, João Vieira Picanço, no qual se sentiu ofendido no Direito de Resposta do presidente da Câmara de Ibaretama, publicada no último dia 16. Importante esclarecer que todo o seu conteúdo não pertence a este conceituado veiculo de comunicação e que toda responsabilidade é do solicitante.

Direito de reposta ao ex-presidente da Câmara de Ibaretama, João Vieira Picanço:
Diante de tamanha incoerência e em face da gravidade dos fatos acusatórios sobre a minha pessoa, acusações infundadas relatadas pelo atual Presidente da Câmara Municipal de Ibaretama, Sr. Francisco Carliando de Almeida, no seu direito de resposta; e, tomando por base as graves acusações, compareci ao portal Revista Centralcom proverbial respeito, para requerer o meu direito de resposta, no que fui atendido prontamente nos termos da Constituição Federal.
De agora em diante, passo a expor os relevantes argumentos seguidamente alinhados:
É impressionante o cinismo, a leviandade, a arrogância, o ato ignóbil do chefe da corja de malfeitores desarvegonhados e indiciados pelo Ministério Público Estadual. O atual Presidente da Câmara Sr. Francisco Carliando de Almeida, a todo custo, tenta limpar-se, através de falsas e mentirosas notícias, da lama podre em que está envolvido.
É necessário que a população desse tão sofrido município (Ibaretama) tome conhecimento dos fatos praticados pelo professor e Presidente da Câmara Municipal de Ibaretama, para que possa clarear sua mente e expurgar do mundo político, políticos que têm por finalidade exaurir, esvaziar os recursos parcos para os problemas crônicos desse povo oprimido, necessitado e carente.
Para ser mais conciso e, se for do interesse dos munícipes, procurem fazer uma leitura do RECURSO EM SENTIDO ESTRITO, que é uma peça processual, ou melhor, dizendo, um pedido do Ministério Público da 2ª Vara da Comarca de Quixadá, que pede a PRISÃO PREVENTIVA do Sr. Francisco Carliando de Almeida, atual presidente da Câmara Municipal de Ibaretama, tendo em vista sua periculosidade e pela prática de tão grave delito. (Falsificar o livro de ponto para justificar as assessorias fantasmas.)
Para quem não sabe, o atual presidente da Câmara Municipal e professor FRANCISCO CARLIANDO DE ALMEIDA, filho de agricultor, bem como filho da terra, como ele mesmo frisa em sua defesa, foi indiciado e enquadrado pelo Ministério Público nos artigos 288 – Formação de Quadrilha; 312 – Peculato (desvio de dinheiro público); 297 – Falsificação de documentos público); 299 – (Falsidade Ideológica); e na Lei 9.613/98 (Lavagem de dinheiro).
Vejam senhores o que dizem os Promotores de Justiça da PROCAP e da Comarca Vinculada de Ibaretama:
Com a exclusão do vereador João Vieira Picanço da Câmara (CASSAÇÃO), os vereadorescontinuaram praticando sérios crimes contra o patrimônio da Câmara, que CARLIANDO foi beneficiado com recursos públicos criminosamente desviados da Câmara Municipal de Ibaretama:
Que integram organização criminosa com finalidade de praticar crimes contra a administração pública; pior, afastado o desafeto (João Vieira Picanço), os Promotores presenciaram uma organização criminosa com a finalidade de praticar crimes na Câmara Municipal de Ibaretama; que na casa do atual Presidente da Câmara Municipal foram apreendidos um volume considerável de CERTIFICADOS DO CREDE – Centro Regional de Desenvolvimento da Educação – todos em branco, o que pode indicar para confecção de certificados falsos; que FRANCISCO CARLIANDO DE ALMEIDA, atual presidente da Câmara Municipal de Ibaretama, foi um dos articuladores para falsificação do livro de ponto da Câmara, conforme registrado nas intercepções telefônicas; Como anotado, há provas sérias de que FRANCISCO CARLIANDO DE ALMEIDA e outros praticaram graves crimes e continuam (o tempo do verbo é PRESENTE) participando ativamente da organização criminosa, atuando no seio da Câmara Municipal de Ibaretama; que a tesoureira Maria Vanderleia Bezerra da Silva afirma em seu depoimento que os vereadores, inclusive CARLIANDO, pediu para ela fazer um livro de ponto e passar nas casas dos ASSESSORES FANTASMAS para que assinassem com data retroativa. Vejam a interceptação telefônica: ... nós deve se unir numa palavra só...é, eu sei como é, eu entendo... vocês não vão me botar no rolo não viu... o CARLIANDO tá aí com vocês?... vixe, tá a turma toda hein (risos)”.
É relevante esclarecer que o GRUPO CRIMINOSO, continua (professor CARLIANDO, o verbo continua, está na 3° pessoa do singular e o tempo é o PRESENTE) organizado, sendo impossível não se impressionar com o nível desta organização e sua ousadia de continuar cometendo crimes, fato que evidencia o estágio primeiro para “LAVAGEM DE DINHEIRO”, incorporado ao patrimônio dos vereadores. Convém anotar, ainda, que, embora os autores dos crimes apurados não usem armas de fogo, como os criminosos comuns, todos são manifestamente periculosos. Portanto, o relatório da PROCAP (Procuradoria do Combate a administração Pública) é datado de 15 de junho de 2011 e o pedido da prisão de vocês ( vereadores) é de 20 de julho de 2011. Portanto, fui cassado em 12 de março de 2010, e segundo o MP, a farra de diárias laranja foi depois que vocês me cassaram. Nem fui preso, bem como, não há nenhum pedido de prisão para mim. Não tente enganar a população.
Assim, não são necessárias mais provas de que o vereador FRANCISCO CARLIANDO DE  ALMEIDA não pode permanecer em usufruto do poder político, depois de desvendado documentalmente o esquema criminoso.
Portanto, Sr. Carliando, não há, pois, qualquer dúvida de que o indiciamento criminal nos escândalos envolvendo você tem base unicamente nas declarações prestadas pela tesoureira da câmara, das interceptações telefônicas, das quebras dos sigilos bancários e depoimentos das testemunhas. Não se trata de perseguição política; perseguição da imprensa, nem mesmo difamação à sua imagem. Trata-se de fatos reais investigados e apurados pelo Tribunal de Contas dos Municípios, Polícia Federal e Ministério Público. Carliando, já que a Câmara Municipal de Ibaretama está OMISSA e lhe blindando dessa sujeira; pelos motivos que todos conhecem, se afaste, tire a mascara enquanto se apura as denúncias.
Quero também deixar bem claro, Sr. Carliando, que nasci em Fortaleza e minha mãe é filha de Quixadá. Que minha passagem por Crateús foi a trabalho, mais me orgulharia muito ser filho de Crateús. Pois lá, trabalhei por dez (10) anos no Banco do Estado Ceará, aprovado em concurso público; é uma cidade digna de se morar; terra de pessoas humildes, honestas, trabalhadoras, como a sua Ibaretama. Com uma diferença: Lá os políticos são sérios, honestos e não são mascarados como você.
JOÃO VIEIRA PICANÇO


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Um comentário:

Waltz disse...

Muito engraçado, o mal lavado falando do sujo. Sem mais demora Ibaretama precisa renovar seus quadros políticos!

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...