Compre Agora

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Ilário Marques alfineta prefeito de Quixadá


Por Fábio de Oliveira
Entrevista no Programa Censura Livre da FM Central teve recorde de audiência.
Convidado pelo programa Censura Livre da FM Central e portal Revista Central, o ex-prefeito de Quixadá, Ilário Marques como sempre bastante preparado para perguntas embaraçosas teve desempenho positivo, embora o tempo de duas horas não foram suficientes para responder a todas as perguntas dos internautas, leitores e ouvintes.
Logo no início da inquirição, leitores perguntaram sobre sua demonstração de amor a Quixadá, em sua resposta, Ilário disse que essa relação de amor era antiga, mas em seguida outra pergunta lhe deixou pouco a vontade ao ser questionado que amor é esse que o ex-prefeito sequer possui residência fixa na cidade. Ilário foi afirmativo que sempre trabalhou de maneira honesta e que seus investimentos não são na cidade porque prefere investir em apartamentos em Fortaleza, uma posição pessoal sua.

Respondeu sobre denuncias que envolvem sua antiga administração, que alguma dessas denuncias não estavam sendo esclarecidas por falta de espaços na imprensa local e que se diz perseguido por alguns meios de comunicação. Alguns temas polémicos como a reforma Hospital Eudásio Barroso, Ilário desmentiu sobre os valores que segunda a imprensa 13 colunas de concreto custaram cerca de 500 mil, afirmou que o dinheiro foi investido nas fundações e que as obras foram paralisadas por questões burocráticas que embargaram a obra.
Na pergunta sobre a modificação do projeto da Estrada do Cedro, Ilário falou que esperava mais recursos, mas que a obra estava concluída e também inaugurada, que a pista de pedestre e ciclovia não tinha recursos para desapropriações e que uma reordenação no projeto parte do dinheiro foi para construir a estrada que liga o bairro São João a bifurcação da estrada do Cedro.
Mas a grande surpresa da entrevista foi mesmo às insinuações de que algo não vai nada bem na atual administração, alfinetadas em Rômulo Carneiro foram colocadas mas com muito cuidado até mesmo porque Ilário foi um dos grandes responsáveis pela eleição do atual prefeito. Nas entrelinhas, Ilário disse em dado momento da entrevista, “um prefeito não pode ficar ausente da cidade e da população, precisa estar nas ruas, nos comércios e nos locais público”, uma indireta para o sumiço do prefeito em muitos eventos sociais pela cidade.
Mas Ilário foi mais além, colocou que o atual projeto administrativo de Rômulo Carneiro não tinha a mesma sintonia de quando estava a frente do executivo municipal, citou inclusive milhões em recursos que não foram tocados e que Quixadá pode ser penalizada com a perda de projetos que já tinha dinheiro liberado como a reforma do mercado público, centro multioso um projeto de quase 6 milhões de reais entre outros. Sobre a avaliação da atual administração, Ilário pediu permissão para não manifestar sua posição publica.
O programa Censura Livre transmitido pela FM Central, vai ao ar todos os sábados das 11h30min às 13h00min horas, tem como mediadores Karpegeanne Vieira e Jackson Perigoso, conta também com a participação especial de Francisco Ferreira da Silva, conhecido na cidade como Pio e também de Chico Javali. O programa que contou com a participação especial do ex-prefeito Ilário Marques teve recorde de audiência, participação maciça da população que ligou, mandou e-mail, mensagens através das redes sociais facebook e twiter e do contatos@revistacentral.com.br, retransmitido via web pelo portal Revista Central, Ibaretamanet.com e Ibiciade.com para todo o Sertão Central.
O próximo entrevistado do Programa Censura Livre que deverá confirmar participação poderá ser o atual prefeito de Quixadá, Rômulo Carneiro.
Fábio de Oliveira
Reportagem
Chico Javali
Foto

Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...