Compre Agora

domingo, 11 de setembro de 2011

EUA prestam homenagens a vítimas nos dez anos do 11 de Setembro


Redação 
País faz principais cerimônias em Nova York, Washington e Pensilvânia. Mais de 3 mil pessoas morreram nos atentados terroristas de 2001.
Para marcar os dez anos dos ataques terroristas às Torres Gêmeas, que deixaram mais de 3 mil vítimas em Nova York, nos EUA, o mundo inteiro faz uma série de homenagens neste domingo, 11. Os 184 mortos no atentado ao Pentágono, na Virgínia, e as 40 vítimas da queda – em um campo na Pensilvânia – de um dos quatro aviões sequestrados também serão lembrados.
O presidente americano, Barack Obama, confirmou presença na inauguração do Memorial 11 de Setembro, que foi construído no mesmo local onde ficavam as duas torres do World Trade Center (WTC). Obama também vai participar de cerimônias na região metropolitana de Washington D.C., onde está o Memorial do Pentágono, e na Pensilvânia.

A abertura do memorial em Nova York, também chamado de Marco Zero, será às 8h40 (9h40 de Brasília) apenas para os familiares das vítimas. Será lido o nome de cada um dos mortos nos quatro atentados, e depois haverá música, recitação de poemas, orações e discursos.
No exato momento (às 9h46 e 10h03 de Brasília) em que as torres foram atingidas pelos aviões do voo 11 da American Airlines e do voo 175 da United Airlines, será feito um minuto de silêncio. O horário da queda dos outros dois aviões (10h37 e 11h03 de Brasília) também será respeitado com silêncio. Ao mesmo tempo, igrejas e templos da cidade devem soar os sinos.
Além do presidente Barack Obama, estarão presentes o ex-presidente George W. Bush, o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, e o governador, Andrew Cuomo. O prefeito e o governador à época, Rudolph Giuliani e George Pataki, também foram convidados, além de outras autoridades e artistas.
O público em geral – é preciso fazer reserva antecipada pela internet – poderá visitar o Memorial 11 de Setembro a partir desta segunda-feira, 12. O funcionamento será de segunda a sexta, das 10h às 20h (horário local), e aos finais de semana, das 9h às 20h. A partir de 9 de janeiro de 2012, o encerramento diário será às 16h e, aos finais de semana, a abertura será às 10h.
Washington D.C. e Pensilvânia
As 184 vítimas do voo 77 da American Airlines que morreram no ataque ao Pentágono, sede do Departamento de Defesa americano, serão homenageadas neste domingo em uma cerimônia para 700 pessoas, entre familiares e militares, no Memorial do Pentágono, em Arlington – região metropolitana de Washington D.C. Os monumentos foram inaugurados em 11 de setembro de 2008.
Na Catedral Nacional de Washington, está programado para às 21h30 (de Brasília) o Concerto pela Esperança, com discurso de Obama e apresentações do cantor country Alan Jackson, da cantora de R&B Patti LaBelle e da mezzo soprano Denyce Graves.
Na cidade de Shanksville, Pensilvânia, a comemoração em memória aos mortos do voo 93 da United Airlines ocorrerá no Memorial Plaza, às 9h30 do horário local (10h30 de Brasília), e deve durar duas horas. Haverá tributos de música, entrega de coroas de flores e outras atividades ao longo do dia.
Sábado
No último sábado, o ex-presidente George W. Bush levou uma coroa de flores ao Pentágono para lembrar as pessoas que morreram ali. Bush também compareceu à Pensilvânia, ao lado do ex-presidente Bill Clinton e do atual vice-presidente, Joe Biden. Eles inauguraram um memorial com o nome das vítimas.
Acompanhado da primeira-dama Michelle, o presidente Obama visitou o Cemitério Nacional de Arlington, na Virgínia, onde estão enterrados 6.213 soldados mortos nas guerras do Afeganistão e do Iraque, que sucederam os ataques ao WTC.
Ameaças e medidas de segurança
Os EUA vivem em constante alerta sobre novos ataques que estariam sendo planejados pela rede terrorista Al-Qaeda, responsável pelos atentados de 2001. Nas últimas horas, agentes federais americanos vasculharam os registros de companhias aéreas à procura de possíveis suspeitos. Nada foi encontrado, mas a atenção sobre eventuais explosões de carro-bomba continua.
A segurança em Nova York foi reforçada, e são mantidas barreiras policiais pela cidade para revistar os carros. Bolsas e mochilas também são verificadas com mais frequência na entrada de prédios públicos e museus.
As principais ruas da região vão ficar fechadas para o tráfego e também haverá restrições à passagem de pedestres. Além disso, centenas de atiradores de elite estão posicionados em pontos estratégicos de Nova York, principalmente ao redor do World Trade Center. A preocupação extrema também se justifica porque o presidente americano, Barack Obama, estará na cidade.
Segundo declaração feita por Obama no último sábado, em um programa semanal veiculado no rádio e na internet, os EUA se mantiveram “fortes frente às ameaças, a segurança foi fortalecida, as alianças melhoradas, e a Al-Qaeda está a caminho da derrota”. O presidente ainda classificou o povo americano como "resistente e unido".
Reconstrução
No complexo onde caíram as Torres Gêmeas, além de uma queda d’água constante de 9 metros no local da fundação dos dois prédios e um parque em volta, serão construídos cinco edifícios comerciais (o maior deles com 105 andares, o que deve ser o mais alto dos EUA, com 540 metros de altura), museu, shopping e uma nova estação de metrô. O projeto foi divulgado em 2003, e as obras devem ser concluídas até 2017. O bairro ao sul da ilha de Manhattan também foi reurbanizado.
No parapeito de bronze das cascatas, há o nome das 2.983 vítimas de 2001 e também as que foram mortas em um atentado com carro-bomba em 1993. Quem quiser localizar algum nome deve entrar no site do memorial ou procurar informações no próprio parque.
Durante todo o ano, as cerimônias dos dez anos do 11 de Setembro têm atraído centenas de milhares de pessoas. Algumas chegam a fazer peregrinações até Nova York.
O décimo aniversário da queda do WTC também tem sido amplamente marcado com exposições e projeções de filmes em museus (como Guggenheim e Metropolitan) e universidades, espetáculos teatrais, apresentações de música e cerimônias religiosas.
Com informações do G1.

Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...