Compre Agora

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Miguel Peixoto: Polícia pede prisão de suspeitos

Texto de Alex Pimentel
O crime que chocou Quixadá e região já completa um mês
O delegado Marcos Sandro de Lira deverá encaminhar à Justiça, nesta quarta-feira, 28, o resultado das investigações sobre o homicídio do bancário Miguel Benedito Peixoto, 57 anos. O gerente de crédito do Banco do Brasil de Quixadá foi assassinado na tarde de 26 agosto. O crime foi praticado no Centro de Quixadá, na rua Clarindo de Queiroz, quando ele chegava na casa de familiares. A vítima foi baleada pelas costas. Acabou morrendo quando era atendido pela equipe médica de plantão do Hospital Municipal Doutor Eudásio Barroso.

O crime foi praticado por um motoqueiro. Era a única pista que a Polícia tinha acerca do crime. Passados 30 dias o delegado regional está solicitando a prisão do pistoleiro e do mandante do crime. Os nomes serão revelados somente após o cumprimento dos mandados de prisão. A solicitação das prisões ainda será apreciada pelo Ministério Público. Marcos Sandro não adiantou mais detalhes acerca do crime, todavia confirmou a relação com cobranças de dívidas.
Durante a semana o blog Diário Sertão Central abordará os outros crimes de mortes considerados misteriosos, praticados por pistoleiros, em Quixadá e cidades vizinhas. Segundo as equipes da Polícia Civil responsáveis pelas investigações os casos são mantidos em sigilo para proteger testemunhas e evitar vazamento de informações. Há necessidade de assegurar provas consistentes à identificação dos executores e mandantes dos crimes. Além do delegado Marcos Sandro as delegadas Erika Ramirez e Rachel de Queiroz Moreira se dividem nas investigações.
DENÚNCIAS ANÔNIMAS  > Polícia Civil de Quixadá – (88) 3445 1047


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...