Compre Agora

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

TV e Jornal Diário fazem reportagem sobre o carnaval das diárias em Ibaretama


Por Jackson Perigoso
Revista Central deve publicar novas denuncias ainda esta semana.
O portal Revista Central vem fiscalizando as contas públicas da Câmara Municipal de Ibaretama, no Sertão Central cearense, e descobriu que supostas diárias podem está sendo fornecidas aos vereadores de forma inconstitucional, isso porque, eles simplesmente recebem R$ 700 reais para irem de suas casas até ao prédio da Câmara. Um vereador mora a 200 metros e tem direito ao beneficio.

A reportagem Vereadores de Ibaretama recebem gordas diárias simplesmente para irem à sessão denunciou o “carnaval” das diárias no Poder Legislativo de Ibaretama, após a publicação, uma equipe da TV Diário foi até a cidade fazer uma reportagem sobre o assunto e também sobre as ameaças sofrida pelo correspondente da Revista Central, Karpegeanne Vieira. O Diário do Nordeste compareceu a última sessão para registrar os acontecimentos e deve ainda nesta semana publicar matéria sobre o assunto. A TV Jangadeiro possivelmente deve focar o assunto.
Com a presença da imprensa, os nobres vereadores tiveram um comportamento digno de um representante do povo, as baixarias que são praticadas em quase todas as sessões foram deixadas de lado, um vereador chamou seu colega de vossa excelência, palavra quase nunca vista naquele recinto.
Sobre as farras das diárias, poucos vereadores tiveram a coragem de se explicar, a vereadora Elíria Queiroz, disse que vai propor que seja vista a lei que eles mesmos aprovaram para terem direito ao beneficio. O vereador Joverlane Neles da Silva disse que não ver problemas e que recebe porque tem uma lei que dá direito, perguntado qual o servidor que receberia mensalmente uma diária desse valor, o parlamentar disse que não tinha idéia. Aldenor Freitas de Queiroz foi outro que disse que não ver motivo para tantos comentários e se irritou quando foi questionado se ele se fundamentava com base em uma lei federal ou simplesmente por uma lei criada por eles mesmos.  Daniel Sousa Lopes disse que não tinha nada a declarar, os demais assim que terminou a sessão se esconderam em uma sala, nossa equipe esperou cerca de 30 minutos, porém, fomos avisados que eles estavam em reunião com a Assessoria Jurídica.
Mais uma vez o portal Revista Central mostra que o seu conteúdo tem alcançado os grandes veículos de comunicação e milhares de leitores todos os dias.

Mais informações
Câmara Municipal de Ibaretama
(88) 3439 1059


Matérias Relacionadas

Vereadores de Ibaretama recebem gordas diárias simplesmente para irem à sessão

Correspondente da Revista Central em Ibaretama é ameaçado e constrangido por vereadores

Ação conjunta da PROCAP e TCM investigam possíveis irregularidades na Administração Publica de Ibaretama

 Procap colhe depoimentos de vereadores em Ibaretama

 Ibaretama: PROCAP e TCM colhem hoje depoimentos de possíveis envolvidos em crimes contra a administração pública

Possíveis irregularidades motivam investigação da PROCAP e TCM em Ibaretama

Vereadores de Ibaretama repudiam declarações do ex-presidente e atacam imprensa

Vereadora volta a denunciar nepotismo em Ibaretama

MP pede abertura de Inquérito Policial para investigar o caso dos escândalos de Ibaretama

Enquadrado ex-presidente da Câmara de Ibaretama por improbidade

 “O Nepotismo não pode perpetuar”, diz Promotor de Justiça de Ibaretama.

 Nepotismo é visto como normal pelo presidente da Câmara de Ibaretama

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...