Compre Agora

domingo, 9 de janeiro de 2011

“Profetas da chuva” demonstram seus prognósticos para a mídia brasileira


Homens com pouca leitura, porém, com um conhecimento que tem desafiado até mesmo os cientistas.
O município de Quixadá, no Sertão Central cearense, foi mais uma vez palco do tradicional encontro dos “Profetas da Chuva”, realizado na manhã deste sábado, 8, as margens do antigo Clube do Agrônomo, no Açude Cedro. Ao todo 38 homens na sua maioria sem-analfabetos e duas mulheres integram o elenco, curiosamente as duas mulheres têm formação universitária. O evento conclui uma etapa de 15 anos.
O evento deste ano superou as expectativas dos organizadores, conforme avaliação do idealizador João Soares de Freitas, para ele a cada ano o evento só cresce, tanto de profetas, como também de divulgação na mídia. O encontro contou com a imprensa estadual e nacional em peso, com destaques para a TV Jangadeiro (SBT), TV Verdes Mares (Globo), TV Cidade (Record), Rede TV, TV e Jornal O Povo, Diário do Nordeste, Revista Central e outros veículos de comunicação, além do repórter Maurício Kubrusly, ele apresenta o quadro "Me leva Brasil" no Fantástico e de uma equipe do programa SBT Repórter de São Paulo.

Além da mídia, o evento atraiu estudiosos até do Canadá, bem como do Estado do Amazonas e da Universidade Federal do Ceará. Eles vieram constatar como estes homens conseguem atrair tanta credibilidade na região, mesmo com as inovações tecnológicas. A doutora em Antropologia da Universidade do Arizona, Karen Penesi, tem se dedicado seus estudos sobre os “profetas”, segundo ela, a sua tese de doutorado foi baseado no assunto.
No encontro os homens que desafiam os cientistas prevêem uma quadra invernosa com muitas chuvas, alguns dizem que inicia ainda em janeiro, com maior intensidade a partir do dia 24, como é o caso do senhor Chico Leiteiro, na sua analise chove até junho. Formada em administração pela Faculdade Católica Rainha do Sertão, e com origem sertaneja, Merismar Nobre, 30 anos, participou pela primeira vez do encontro, ela é filha do profeta José Erismar Nobre, no seu prognostico será um ano de boa chuva, mas, não será de muitas enchentes. Mais uma vez a grande maioria garante que em 2011 a quadra invernosa no Estado será de muita chuva.
Em 2010, quase todos erraram quando afirmaram que seria um ano de muitas chuvas, porém, a estiagem iniciou bem antes do esperado.
Revista Central

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...