Compre Agora

sábado, 8 de janeiro de 2011

Em Quixadá tem até ‘caçador de profeta’


O ‘caçador’ já batizou o seu novo participante, ele é o “profeta dos ventos”.
O tradicional encontro dos ‘profetas da chuva’ será realizado na manhã de deste sábado, 8, no açude centenário do Cedro. Lá estarão 35 homens e mulheres que mais uma vez demonstrarão ao mundo que mesmo nos tempos modernos e aparelhados, as raízes não fogem das mentes destas pessoas que contribuem para preservação da cultura, cultivada há muito tempo atrás, quando ainda não existiam tantos meios tecnológicos para prognosticar as chuvas com maior amplitude.

No meio destes sábios agricultores, há um homem que tem uma missão de buscar novos filiados a cada ano para participar do encontro, ele foi batizado como o ‘caçador de profeta’. Francisco Alves Leite, o Chico Javalí, 51 anos, ele é o encarregado de inovar o quadro dos profetas. “Confesso que é uma tarefa árdua, pois tenho que ir as mais remotas zonas rurais para encontrar os futuros profetas e convencê-los a participarem do encontro”, afirma Javalí.
O ‘caçador de profeta’, estava preocupado porque este ano não havia conseguido atrair novos participantes, foi então que soube que lá em Banabuiú, as margens do açude Pedra Branca havia um idoso de 83 anos que é considerado como o meteorologista da comunidade, “plantar naquela localidade, só após a comunidade ouvir as previsão dele”, afirma Javalí que foi in lococonvencer o profeta José Pereira da Silva, (o Chico da Preta), a participar do evento deste sábado. O ‘caçador’ já batizou o seu novo participante, ele é o “profeta dos ventos”, referencia porque o idoso usa o vento como base, “se eu jogar um punhado de arreia e for em direção ao sul é sinal de bom inverno, se pro norte ai vai ser seca”, prognostica. Nas suas experiências em 2011 os agricultores podem ficar tranquilos, pois o que não faltará é chuva.
“Posso afirmar com segurança que os nossos profetas têm mais credibilidade do que mesmo os cientistas. Vejo em muitas comunidades que os agricultores só plantam quando os profetas fazem as suas previsões”, afirma o “caçador”.
Revista Central

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...