Compre Agora

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Título de Cidadão Cearense é concedido ao professor Luiz Oswaldo

“Nunca temi a utopia. Ela só é combatida pelos que têm medo. 

A Assembleia Legislativa realizou sessão solene para entrega do Título de Cidadão Cearense ao professor Luiz Oswaldo Santiago Moreira de Souza, natural de Natal (RN), por relevantes serviços prestados ao Estado. A homenagem foi proposta pela deputada Rachel Marques (PT). 

Rachel registrou que Luiz Oswaldo, há muito tempo, justificava essa homenagem por sua trajetória como professor, bancário, poeta, humanista, militante social e intelectual. Segundo ela, como professor, teve exitosas experiências nos diversos níveis de ensino, sempre fazendo respirar o espírito libertário e a pedagogia de Paulo Freire. “Como ele mesmo diz, formou e foi permanentemente formado”, acrescentou a petista.

A deputada afirmou que o homenageado destacou-se ainda pela qualidade de intervenções e por sua criatividade em fazer poesia em plena luta sindical, não sendo apenas o poeta do improviso, mas escrevendo também publicações como ‘Momentos’ e outros livros. 

Rachel Marques ressaltou que o professor ocupa atualmente o cargo de diretor de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura em Estabelecimentos Rurais e Áreas Urbanas do Ministério da Pesca, e acrescentou que o dia de hoje é uma celebração de sua trajetória e uma homenagem dos seus, agora, concidadãos.

O ex-deputado estadual e ex-prefeito de Quixadá, Ilário Marques, disse que o professor "é uma pessoa sempre do presente e quem está no presente sonha, acredita nos sonhos e luta para que eles se tornem realidade". “E há uma fórmula que ele sempre nos ensinou: ‘para que nossos desejos se tornem conquistas, não podemos sonhar sozinhos. É preciso sonhar juntos”, complementou.

Luiz Oswaldo destacou que esta é uma homenagem que toca, acaricia a alma e o coração e faz refletir os possíveis motivos de merecer o Título. “Toca em sentimentos profundos da alma humana, como os de pátria, torrão natal, pertença, cidadania e povo. A vida, de certa forma, é um caminhar perdido além do sonho, sempre. Construímos caminhos nos perguntando quem realmente somos, o que realmente fizemos e se merecemos ou não”, disse.

Ele lembrou que já recebeu outros Títulos de Cidadão no Maranhão, Rio de Janeiro e Goiás, além de uma comenda do Piauí e, em todos eles, a mesma pergunta se fez: “quem sou eu e o que fiz para merecer?”.

O homenageado ressaltou que o que a vida quer de cada um é coragem, acrescentando que ele viveu incomodando porque sempre lutou contra o que estava posto e contra todas as negações de direitos do ser humano. 

“Nunca temi a utopia. Ela só é combatida pelos que têm medo. Carecemos da coragem de todas as utopias e de doar nossas vidas a nossos sonhos. Carecemos da coragem de mudar. E foi isso que tentei mostrar a meus filhos, netos, alunos, amigos e inimigos. Esse também é um momento de saudades, como se um filme me passasse pela memória com momentos marcantes do que vivi aqui, sempre com algumas cenas doces e outras amargas”, encerrou.
Da Agência de Notícias da Assembleia Legislativa.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...