Compre Agora

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Censura: Portal Revista Central é ameaçado pelo vereador José Maria da Arte Vidro


Ainda na manhã desta segunda-feira,12, o fato será registrado na Delegacia de Polícia Civil.
Silenciar o direito a liberdade de imprensa, da livre expressão e de pensamento tem assegurado grandes desgastes para políticos, mesmo sabendo que, com as novas tecnologias, buscar mecanismo dessa natureza é ficarem fadados ao fracasso, em Ibaretama, vereadores que tentaram de todas as formas silenciar o maior portal de noticias da região do Sertão Central cearense, tiveram a cadeia como resultado final e muitos processos pelo Ministério Público, prisões e afastamentos.
O portal Revista Central vem a públicoDENUNCIAR o vereador de Quixadá, José Maria da Arte Vidro(foto) por coação em via pública, e com tom de ameaçar, não só a liberdade de expressão, de comunicação, mais também moral e ética. A prova está no arquivo do portal.
Considerado como o mentor e peça chave que barrou a CPI das Gaiolas na Câmara Municipal de Quixadá, beneficiando assim o ex-gestor José Ilário Gonçalves Marques, o vereador José Maria de Meneses Queiroz, 50 anos, vulgo “José Maria da Arte Vidro”, do Partido Democratas-DEM, por pouco não agrediu fisicamente a equipe de reportagem do portal Revista Central após o programa Censura Livre, na Monólitos AM, uma das mais baixas atitudes que um parlamentar poderia chegar, foi tirar satisfação e disse palavras de baixo nível e com tom de ameaças. O vereador foi enfático e mandou que respeitasse as caras e disse que iria chamar a polícia caso nossa equipe continuasse fazendo criticas ao seu mandato, percebe-se que ao ameaçar chamar a polícia o vereador buscou não só intimidar, mas passar mensagem que estaria sendo a vítima naquele ato repugnante e imoral.
De fato, o vereador parece desconhecer qual o papel das Polícias Militar e Civil. Em seu triste discurso para tentar eloquentemente justificar seu voto contrário a CPI das gaiolas que deveria apurar possíveis irregularidades, lisura, transparência e manter o erário público sem prejuízos, José Maria da Arte Vidro disse que vereador não tem papel de polícia, ora, o poder de polícia é uma faculdade de um parlamentar. Fica evidente que este vereador não tem noção das verdadeiras funções do cargo que deveria zelar com transparência.
José Maria da Arte Vidro é considerado como um dos piores vereadores nesta atual gestão, por não ter apresentado durante estes três anos nenhum projeto de relevância social para o município. Toda sua fúria dar-se-á apenas por receber critica de sua atuação como parlamentar, não gostando de ser criticado por tantas omissões na sua gestão parlamentarista o Democrata resolveu tirar satisfação.
Repudio
A liberdade de imprensa é um dos princípios pelos quais um Estado democrático assegura a liberdade de expressão aos seus cidadãos e respectivas associações, principalmente no que diz respeito a quaisquer publicações que estes possam pôr a circular. De qualquer forma, a liberdade de imprensa corresponde a uma garantia menos geral que a "liberdade de expressão", que se aplica a todas as formas de comunicação.
Silenciar a imprensa é calar a voz da população, é rasgar a Magna Carta do país, é amputar o direito constitucional, é ferir o que há de mais importante no Estado de Direito Democrático que é o direito basilar de ir e vir. A liberdade é um bem universal assegurado inclusive na Declaração Universal dos Direitos Humanos.
A atitude do vereador José Maria é repugnante, cruel e acima de tudo desrespeitosa. Político dessa natureza tem que ser banido da seara politica, para que a liberdade jamais seja ferida por golpes nojentos e nefastos.
O representante dos radialistas do Sertão Central cearense, Wanderley Barbosa, lamentou o fato e ver como uma tentativa de censurar a liberdade de imprensa, “vou comunicar este lamentável fato ao Sindicato dos Radialistas do Ceará, bem como repassar a todos os colegas para que fatos dessa natureza não aconteçam mais”, destacou indignado.
Ainda na manhã desta segunda-feira,12, o fato será registrado na Delegacia Regional de Polícia Civil em Quixadá.



Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...