Compre Agora

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Olimpíada estudantil do Colégio Valdemar Alcântara movimenta mais de 400 alunos- atletas

Por Jackson Perigoso
O esporte por ser também uma ferramenta para a extinção do bullying nas escolas.

Quando se fala em competição logo vem na mente um litigio, mas não é com este objetivo que o Colégio Valdemar Alcântara de Quixadá está promovendo a 20ª edição da Olimpíada Estudantil. A disputar deve ficar apenas dentro do ambiente esportivo, nos bastidores o intuito é que haja uma grande interação entre alunos das oito escolas que participam desse momento afetuoso. 
Com 58 anos dedicado a educação no município de Quixadá, o antigo Ginásio Valdemar Alcântara promoveu a abertura dos jogos escolares na noite desta quinta-feira,3, na quadra esportiva da instituição e atraiu centenas de participantes que foram ver de perto as apresentações dos colégios convidados.

A bola rolou para dois times de ex-alunos do colégio. Bem antes houve apresentações artísticas. Conforme o professor de educação física e o Coordenador do evento, Rodolfo Nogueira, estima-se que mais de 400 alunos-atletas do sexo masculino e feminino estão inseridos nas nos jogos de basquete, futsal, handebol e vôlei.
Na avaliação do educador, evento como este proporciona além de interação entre alunos de escolas públicas e particulares, colabora também para que os adolescentes cresçam com espirito esportivos, sabendo que derrotas e vitórias fazem parte da vida do ser humano. Mesmo com todas as barreiras que um atleta do interior possui, ele acredita que se houver mais investimentos dos poderes públicos, atletas da região poderão até representar o país em competição dos jogos olímpicos no Rio em 2016.
A diretora do Colégio Valdemar Alcântara, irmã Aparecida Piffetti, falou com a reportagem do portal Revista Central, e destacou que a escola sempre inova dentro da sala de aula, entretanto, também busca motivar os alunos a praticarem esportes. Garante que bons frutos tem sido colhidos nesta parceria.
Sobre a olimpíada, irmã Aparecida Piffetti que é pedagoga e especialista em gestão educacional, destacou: “Somos um colégio que ensina os valores éticos e morais, portanto, nestes jogos é fundamental que os nossos alunos saibam conviver com vitórias e frustações, tudo isso faz parte do cotidiano de todos nós”. A diretora é membra da Congregação das Irmãs Escolares de Nossa Senhora.
O adolescente José Ícaro, 16 anos e estudante do 3° ano, disse que estava ansioso para iniciar as competições, seu objetivo é chegar ao fim com uma medalha no peito, juntamente com os seus colegas de equipe.
O público esperado é de 1.000 pessoas assistindo os jogos. A entrada é franca.

Mais Informações:Colégio Valdemar Alcântara de Quixadá 
Rua Francisco Enéas de Lima, 2049
Fone: (88) 3412- 0083


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...