Compre Agora

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Ibaretama tem o segundo pior índice de desenvolvimento do Sertão Central e oitavo do Ceará

Texto de Jackson Perigoso
Confira a ordem na região do Sertão Central cearense por município.

O Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM), criado pelo Sistema FIRJAN para acompanhar a evolução dos 5.564 municípios brasileiros e o resultado da gestão das prefeituras, revelou nos dados de 2009 que o país tem 62,9% de cidades com desenvolvimento de moderado a alto; que o Centro-Oeste está bem próximo do patamar do Sudeste; e que o Norte e o Nordeste vão demorar, respectivamente, 20 e 10 anos para chegar à condição das regiões mais desenvolvidas. 

A expectativa é que só em 2037 os municípios do país garantam à população brasileira atendimento básico de saúde, ensino fundamental de qualidade e maior inserção no mercado formal de trabalho. 


O Nordeste revelou avanços, com aumento do índice de desenvolvimento em 74,8% dos municípios. A região passou de 7,7% de seus municípios na faixa acima de 0,6 pontos para 24,6%. Mas a situação ainda preocupa, já que 382 municípios (21,3%), além de registrar redução de seus indicadores, apresentaram IFDM baixo (menor que 0,4) ou regular (entre 0,4 e 0,6). 

Apesar de ser a região com o maior número de municípios no país, 1.793, o Nordeste figura com a menor participação entre os 500 maiores IFDMs: 0,6%, atrás da região Norte, que aparece com 0,7% de seus 449 municípios. Apenas 13 municípios das duas regiões mencionadas, incluindo nove capitais, estão presentes na lista dos 500 melhores. 

As regiões Norte e Nordeste, onde estão localizados 40% dos municípios brasileiros, surgem de forma maciça no quadro oposto: na lista dos 500 menores índices de desenvolvimento, com 94,4% de participação. A Bahia figura com mais representantes, 160 municípios, seguida por Maranhão (94), Pará (59) e Piauí (42). 

Mombaça aparece como o município mais pobre da região do Sertão Central, o 6° pior do Ceará e na posição 4.854ª no país. Ibaretama, encontra-se na segunda colocação na região, ocupando 8ª pior no Estado e a 4.784ª no Brasil.

Confira a ordem na região do Sertão Central cearense:
Quixadá – 35ª
Solonópole -36ª
Pedra Branca – 48ª
Senador Pompeu -80ª
Madalena – 82ª
Canindé – 83ª
Milhã – 98ª
Banabuiú – 108ª
Deputado Irapuan Pinheiro – 117ª
Piquet Carneiro – 120ª
Quixeramobim -124ª
Paramoti – 132ª
Itaitira – 143ª
Choró – 158ª
Ibicuitinga – 159ª
Caridade – 164ª
Boa Viagem – 167ª
Ibaretama  - 177ª
Mombaça – 179ª
*Ordem na região do Sertão Central e posição no Estado do Ceará.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...