Compre Agora

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

“Kleber é uma pessoa desequilibrada e o seu problema é clínico”, diz Ilário Marques



Por Jackson Perigoso
Até o vereador Wellington Xavier não escapou das alfinetadas: “Cí é um retardado político”

Na última quinta-feira,24, o Poder Legislativo Municipal de Quixadá iniciou uma discussão que poderá culminar na maior briga politica da história da cidade envolvendo antigos aliados, agora inimigos políticos que disputarão os cargos públicos do município de Quixadá, no Sertão Central cearense.
A vereadora Edi Leal (PT) ao protocolar um requerimento solicitando explicações do gestor Rômulo Carneiro sobre suas viagens a Israel e a São Paulo, além de acusar o prefeito de praticar assedio moral contra alguns diretores escolares, ligados ao Partido dos Trabalhadores, foi motivo suficiente para um pronunciamento acusatório do presidente da Câmara José Kleber Bezerra Carneiro Júnior, ao afirmar de uma suposta venda do cargo de vice-prefeito em 2004 no valor de R$ 70.000 mil reais e de um saque de R$ 100.000 reais as vésperas da eleição, época que tinha José Ilário Marques como cabeça de chapa e Cristiano Maciel de Góes como vice. Tudo indica que as acusações poderão ser alvo de investigação da Polícia Federal e do Ministério Público, visto que envolve a Caixa Econômica Federal, citada no episódio, que políticos conseguiram em um momento de greve geral e a cinco dias das eleições sacar o dinheiro na instituição.


As denuncias foram destaques na última semana no portal Revista Central. Nossa produção entrou em contato com o ex-prefeito de Quixadá, Ilário Marques que rebateu duramente as acusações e desafiou o seu antigo aliado Kleber Júnior a apresentar provas. Marques disse que agora Kleber tem a obrigação de provar e se não o fizer será desmoralizado politicamente.
Durante a entrevista o ex-prefeito não mediu suas criticas ao ex-aliado, citando que a saída do vereador Kleber Júnior não fez falta ao Partido dos Trabalhadores, garantiu que o político era visto como um estranho dentro da sigla, - “ele era um estranho no PT, uma pessoa que nunca teve vivência partidária”.
Sobre os R$ 70.000 reais Ilário disse que a família Carneiro deverá cobrar de Cristiano Góes, pois não tem conhecimento dessa dívida. Sobre as acusações do saque de R$ 100.000 reais, disse que não era tesoureiro da sua campanha e que todas as contas foram declaradas.
- “Kleber Júnior nunca apoiou o PT, ele sempre se apoiou no PT”.
“Kleber Júnior foi um hospedeiro, não trazia benefício, muitas vezes trazia malefícios ao PT. Comentou sobre a falta do irmão prefeito Rômulo Carneiro na sigla Vermelha. Sobre a relação dos dois durante os 10 anos de aliança, o ex-prefeito destacou: - Pouco tive relação pessoal com o vereador Kleber Júnior, era sempre política. Na verdade ele veio pra nós quando em 2.000, já havíamos ganhado as eleições”, e alfinetou “na verdade o Kleber Júnior nunca apoiou o PT, ele sempre se apoiou no PT”.
- “Não existe isso de abrir a mala do PT”
Ilário Marques desafiou o presidente da Câmara dos Vereadores de Quixadá, afirmando que agora é uma obrigação provar as acusações e garante: - “Não existe isso de abrir a mala do PT, não temos malas pretas. Se alguém que tem um cargo público e sabe de algum ato tipificado como crime tem o dever moral, legal de apresentar a denúncia com prova, se não faz isso é ser leviano e irresponsável, não merecendo assim respeito da população”.
- “Eu não tenho máscaras”
O presidente da Câmara dos Vereadores de Quixadá, José Kleber Bezerra Carneiro Júnior, disse que estava começando a tirar as máscaras de cada um, a sua, da vereadora Edi Leal e de Ilário Marques. Sobre as palavras Marques respondeu: “Eu não tenho máscaras, sempre fui quem sou, e o povo de Quixadá conhece muito bem meu nível de trabalho. Ele fala em tom de ameaça, ele fez um estripe imoral e de mau gosto”.
Oposição petista
“Achei interessante à reação dos antigos tucanos de achar estranho a posição da vereadora Edi ao se declarar oposição. Na medida o grupo que está no poder saiu do PT, a nossa postura é de oposição, não é porque estamos fazendo agora, internamente já havia discórdia e se não tivesse o Rômulo não tinha saído do PT”.
- “Gestão desastrosa”
“Quando recursei no programa Censura Livre de dá uma nota para a administração atual, porque não queria fazer critica, mas é um desastre e o PT não compartilha com isso”.
- “Cí é um retardado político”
“É suspeita que os antigos tucanos estejam com acordo com o prefeito, mesmo na oposição não fizeram criticas, faz oposição tardia, é o retardado político. O vereador Cí [Wellington Xavier] é um retardado político, porque faz oposição depois de três anos, se ele quer fazer oposição, espere eu voltar a ser prefeito. Isso se ele conseguir ao menos ganhar uma eleição pra vereador”. Para Ilário Marques os políticos deveriam se preocupar com os problemas atuais e esquecerem as administrações passadas.
- “Kleber é uma pessoa desequilibrada emocionalmente”
"O Kleber está obrigado a provar ou será um pessoa desmoralizada politicamente. Ele é uma pessoa desequilibrada emocionalmente e não tem estatura política para o debate político, por isso que fica desequilibrado emocionalmente”. E foi mais profundo ao citar: – “é mais um caso clínico, é mais médico do que político”.
Sobre as acusações Ilário Marques disse que recebeu com naturalidade, visto que o que vem do ex-aliado não merece atenção, mas repudiou as declarações classificando-as de baixo nível.
Viagens do Prefeito Rômulo Carneiro
“Eu não acho nada demais um vereador pedir explicação sobre viagens de um prefeito. Estranhei que o prefeito de Quixadá [Rômulo Carneiro] foi a Israel e no site da prefeitura não saiu uma noticia, não tinha um quixadaense que soubesse dessa viagem. Como é que um prefeito fez uma viagem e não dá satisfação: O requerimento foi aprovado pela Câmara? os demais prefeitos viajaram e pediram licença na Câmara e todos falaram o que faria nesta viagem, mas o prefeito misterioso de Quixadá não o fez”. Questionou.
Prisão
Kleber Júnior disse: - “Não tenho medo de ser preso, mas não vou sozinho, vai vereador, vereadora, prefeito, ex-prefeito. Sobre as palavras do ex-prefeito alfinetou novamente - “quem não tem medo de ser preso é bandido, porque ele faz e não tem medo de ser preso, eu tenho medo de ser preso e por isso não faço nada errado”. Garantiu.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...