Compre Agora

sábado, 28 de janeiro de 2012

Acusados de corrupção permanecem nos cargos em Ibaretama


Por Redação RC
A falta de magistrado e a lentidão no processo deixa população com a sensação de que tudo não passa de engano.
Ibaretama, no Sertão Central cearense, desde inicio do ano passado convive com o escândalo político que abalou toda cidade, depois da denúncia feita pelo ex-presidente da Câmara, João Vieira Picanço de que existia uma quadrilha no seio da Câmara Municipal de Ibaretama que a pacata cidade nunca mais foi à mesma.
Olhos atentos, população mais alerta aos fatos, todos os dias, nossa redação recebe dezenas de e-mails de populares querendo informações sobre o desenrolar do escândalo político no município, as informações são desencontradas e o processo segue em segredo de justiça.

A falta de informação do processo deixa a população com a sensação de que tudo que aconteceu não passou de engano, “não sei quem tem razão, passado tanto tempo não sabemos o que realmente aconteceu” disse ao portal Revista Central uma aposentada de 63 anos que pediu para ter o nome preservado.
Alguns acusados seguem em seus cargos
Em maio do ano de 2011 a Polícia Federal desencadeou uma operação juntamente com o Ministério Público estadual e o Tribunal de Contas dos Municípios – TCM, levando vinte e uma pessoas para a cadeia, destes, somente dois vereadores dos cinco envolvidos no escândalo da Câmara foram presos.
O Ministério Público Estadual solicitou o afastamento do vereador Presidente da Câmara, Francisco Carliando de Almeida e do Vereador Daniel Souza Lopes, o pedido foi realizado em agosto de 2011 e até agora não foi apreciado pela justiça.
Segundo o Ministério Público, os vereadores em questão deveriam está afastados a exemplo dos vereadores José Maria Cunha e Francisco Oliveira Filho, mais até agora Francisco Carliando de Almeida permanece ordenando despesas na Câmara de Ibaretama.
Expectativa
O Município de Ibaretama está desde agosto abandonado pela justiça, de lá para cá passaram pela comarca vinculada três Juízes e nenhum deles apreciou o pedido do Ministério Público.
A população está na expectativa na decisão da justiça, “é inadmissível que a justiça deixe a população sem um esclarecimento, vamos cobrar e estamos de olho em tudo” disse o blogueiro e correspondente do portal Revista Central, Karpegeanne Vieira.
O escândalo político na cidade é acompanhado de perto por nosso correspondente, o portal Revista Central publicou com exclusividade todo o escândalo de corrupção denunciado no município.  Alguns blogs e emissora de rádio abafam o caso.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...