Compre Agora

terça-feira, 30 de março de 2010

Jornalismo investigativo, Revista Central dá banho em cobertura no Sertão Central

Ao completar oito meses de criação do Portal Revista Central, a informação jornalística no sertão central ganhou um novo foco e tem deixado preocupados setores conservadores acostumados com a notícia desfocada e alienada de outrora. Com faro pela informação real e com fontes confiáveis resguardadas, nosso jornalismo investigativo propicia ao leitor a descoberta da verdade doa a quem doer.
Para citar algumas denúncias com repercussão no estado, gravação de cotas de multas estabelecidas no DMT, ocultação de estupro, abandono e perseguição em assentamento na cidade de Ibaretama, problemas envolvendo menores em festas na cidade de Quixadá, malversação do dinheiro público das administrações municipais, descaso com nosso patrimônio público entre muitas outras reportagens especiais.
A qualidade da informação da Revista Central é hoje referência para outros meios comunicativos do Sertão Central e de todo o estado do Ceará, sem máscaras, sem apadrinhados políticos, sem vínculos empregatícios, empresariais, religiosos, oficiais mantemos esse humilde serviço com alguns patrocinadores e colaboradores que se dedicam a notícia pelo prazer da melhor informação.
A equipe da Revista Central não para de crescer, essa semana mais dois correspondentes somaram-se para esse projeto inovador, hoje contamos com 20 pessoas que nada recebem de recursos financeiros para divulgar seus trabalhos no site, acreditam e nos enviam informações com credibilidade e responsabilidade de suas respectivas cidades.
São muitos os que desejam desvirtuar nossa idoneidade e responsabilidade em trazer para o Sertão Central um jornalismo sério, capaz de provocar no leitor a capacidade em pensar de maneira crítica sobre interesses que cercam nossa sociedade em várias esferas administrativas, oficiais, religiosas, privadas e públicas. Recebemos cerca de 80 a 100 e-mails por dia de pessoas que buscam informações variadas que encontram aqui e são respondidas pela equipe. Nosso compromisso é com você leitor que tira suas próprias conclusões sobre os vários assuntos abordados.
Ficamos às vezes surpresos com declarações absurdas de alguns jornalistas ou radialistas que tentam jogar a sujeira para debaixo do tapete, mesmo sabendo que contra fatos não há argumentos, tentar dizer que inexiste situações embaraçosas em administrações A, B ou C, e que isso é invenção, pasmem, é servir a um só senhor. Não queremos polemizar mais temos dados e fatos que comprovam nossas afirmações e convicções, afinal tudo que foi veiculado na Revista Central foi provado mais tarde.
SAIBA MAIS
Jornalismo Investigativo
Dá-se o nome de Jornalismo Investigativo (ou de Investigação) à prática de reportagem especializada em desvendar mistérios e fatos ocultos do conhecimento público, que podem eventualmente virar notícia.
O jargão jornalístico para notícias publicadas em primeira mão é "furo", que é muitas vezes fruto do trabalho do jornalismo investigativo.
Características do jornalismo investigativo
Classificação questionada
A própria classificação do jornalismo investigativo como uma área à parte do jornalismo é motivo de controvérsias. Alguns jornalistas, especialmente os das antigas gerações, consideram que, por sua natureza, toda reportagem é investigativa, pois em essência envolve a apuração dos fatos, sua edição e posterior divulgação.
Modalidade especializada
O jornalismo investigativo, para muitos jornalistas e pesquisadores da área, é uma modalidade especializada de jornalismo, calcada em características específicas, e se diferencia da rotina habitual das redações pelos seguintes aspectos:
* a investigação minuciosa dos fatos, pelo tempo que for necessário, até elucidar todos os meandros, possíveis ângulos, pontos de vista e personagens envolvidos em determinado assunto;
* a disponibilidade de recursos específicos: tempo, dinheiro, paciência, talento e sorte;
* a precisão das informações (o jornalismo investigativo é também conhecido como jornalismo de precisão), implicando a exatidão dos termos utilizados, e a ausência de distorções ou citações fora de contexto.

Mande a sua sugestão, elogio e critica para contatos@revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...