Compre Agora

segunda-feira, 29 de março de 2010

Núncio Apostólico no Brasil, virá resolver problemas dos bispos de Quixadá


Com exclusividade site Revista Central tem novas informações sobre este caso.
O site Revista Central tem trabalhado no dia a dia buscando levar a mais conceituada informação sobre o desenrolar da disputa entre os dois bispos da diocese de Quixadá.
A discórdia entre as duas maiores autoridades do clero quixadaense, bispo dom Ângelo Pignoli e bispo emérito dom Adélio Tomasin, teve inicio logo após o anúncio de uma auditória nas contas da Faculdade Católica Rainha do Sertão, quando o grupo ligado ao bispo emérito comandava aquela instituição superior. Dom Adélio Tomasin recebeu como uma afronta e como um gesto de desconfiança, para Pignoli, era uma forma de ficar ciente do tamanho do patrimônio da instituição.
Em fevereiro, dom Adélio Tomasin e seu grupo deixaram o comando da faculdade. Dom Adélio tinha o cargo mais importante que era de chanceler, ou seja, o reitor. Com a renúncia, dom Ângelo Pignoli assumiu o comando.
No dia 10 de março a Revista Central publicou uma reportagem afirmando o possível retorno de dom Adélio Tomasin ao cargo de chanceler, a matéria afirmou que ele recebeu uma carta das autoridades eclesiásticas consultando se ele ainda tinha vontade de retornar a instituição. Em uma entrevista a uma emissora de rádio local, Tomasin disse que não sabia dessa história, mas a Revista Central não deixou por menos, e provará que não coloca combustível em fogo. É importante relembrar que no inicio os dois bispos negaram qualquer discórdia.
Os capítulos dessa novela a cada momento têm novos personagens, dessa vez pode mudar definitivamente os rumos dessa triste novela da diocese e da faculdade.  O site Revista Central considerado como um dos veículos de maior credibilidade na região, trás com exclusividade a noticias de que o Núncio Apostólico no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri, virá resolver os problemas entre os bispos de Quixadá.
Dom Lorenzo Baldisseri terá uma grande missão na sua vida que é tentar reconciliar as duas autoridades, pouco provável que consiga esta missão quase impossível.
Dom Ângelo deverá mostrar o resultado da auditoria nas contas da Faculdade Católica, enquanto dom Adélio deverá falar sobre o afastamento de fies após a chegada de Ângelo.
Á chegada do Núncio Apostólico no Brasil está agendada para a próxima semana. Todos os compromissos dos bispos e dos comandantes da Faculdade Católica estão voltados para a chegada de Dom Lorenzo Baldisseri, uma das maiores autoridades da Santa Sé no Brasil.
Fique por dentro
Uma nunciatura apostólica é um alto nível das missões diplomáticas da Santa Sé, equivalente a uma embaixada. Seu titular, o núncio apostólico, é, portanto, como um embaixador da Santa Sé no país a que foi designado
Conheça o Núncio Apostólico no Brasil
Dom Lorenzo Baldisseri (San Pietro in Campo, 29 de setembro de 1940) é um bispo católico pertencente ao serviço diplomático da Santa Sé, é o núncio apostólico no Brasil, desde 2002. É Arcebispo Titular de Diocletiana e pianista.
Dom Lorenzo foi ordenado padre no dia 29 de junho de 1963, em Pisa, pelas mãos de Dom Ugo Camozzo, arcebispo de Pisa.
No período de 1970 a 1973 faz sua formação jurídica e diplomática na Pontifícia Universidade Lateranense, na Universidade de Perugia e na Pontifícia Academia Eclesiástica. Iniciou sua atuação no Serviço Diplomático da Santa Sé em 1973, na Guatemala, com o núncio Dom Emanuele Gerada. Trabalhou nas nunciaturas apostólicas da Guatemala, El Salvador e Japão.
No Brasil esteve no período de 1980 a 1982, com o núncio Dom Carmine Rocco, depois foi para o Paraguai, França, Zimbabue e Moçambique. Em janeiro de 1991 é encarregado de uma missão especial no Haiti. No dia 6 de janeiro de 1992 é nomeado Núncio Apostólico no Haiti.
O Papa João Paulo II o nomeou arcebispo titular de Diocletiana, no dia 15 de janeiro de 1992. Dom Lorenzo recebeu a ordenação episcopal no dia 7 de março de 1992, em Pisa, das mãos de Dom Angelo Cardeal Sodano, Secretário de Estado da Santa Sé, Dom Justin Francis Cardeal Rigali, secretário da Sagrada Congregação para os Bispos, e Dom Alessandro Plotti, Arcebispo de Pisa.
Dom Baldisseri foi núncio apostólico no Haiti (1992 – 1995), no Paraguai (1995 – 1999), na Índia e Nepal (1999 – 2002). Foi nomeado núncio no Brasil no dia 12 de novembro de 2002, sucedendo a Dom Alfio Rapisarda. Em dezembro de 2008 recebeu das mãos do governador Aécio Neves, no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte a comenda da "Medalha da Inconfidência", condecoração mais elevada concedida pelo governo do Estado de Minas Gerais.


Matérias Relacionadas

Resultado da auditória da Faculdade Católica de Quixadá já está no gabinete de dom ÂngeloDom Adélio pode reassumir comando da Faculdade Católica Dom Adélio Tomasin receberá comenda de personalidade educativa Comemoração longe da paz de Cristo em Quixadá
Dom Adélio rompe o silêncio e diz que fica em Quixadá
Entrevista exclusiva com o novo diretor da Faculdade Católica de Quixadá
Movimento “Fica Dom Adélio” realiza concentração em frente à casa paroquial
Dom Adélio garante que não vai embora de Quixadá 
Movimento em solidariedade a Dom Adélio faz ato com cobertura da imprensa Italiana
Católicos não reagem à saída de dom Adélio
Dom Adélio Tomasin: um visionário e seu legado
Clima tenso na Faculdade Católica após anúncio de renúncia do Chanceler e Diretor
Dom Adélio Tomasin e José Nilson deixam cargos da Faculdade Católica
Movimento fica Dom Adélio: Caravana cumpre missão na Itália
Dom Adélio: Carisma e força para atrair dinheiro
Movimento Fica Dom Adélio: Caravana cumpre missão na Itália
Carta relata problemas na rádio e na maternidade
Discórdia, poder e silêncio na Igreja do Sertão
Diocese: Católicos pedem interdição

Divergências chegam ao Vaticano
Nota: Movimento Solidariedade à Dom Adélio
Bispo vai à Polícia registrar ameaças

Bispo de Quixadá denuncia ameaças de morte e pede proteção policial 
Bispo Dom Ângelo Pignoli rompe silêncio “decisão não significa desconfiança em ninguém”

Comitiva busca solução em Brasília e Roma

15 mil pessoas assinam baixo assinado no movimento fica Adélio Tomasin

É fato, Dom Adélio Tomasin vai embora de Quixadá

Leitores debatem possível crise no alto clero da igreja católica em Quixadá

Osmar Baquit solicita permanência de dom Adélio Tomasin e José Nilson em Quixadá

Católicos em defesa de Dom Adélio
Cirilo Pimenta pede que Dom Adélio permaneça no comando de faculdade



Mande a sua sugestão, elogio e critica para contatos@revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...