Compre Agora

terça-feira, 23 de março de 2010

Caso Picanço: Documentos não são encontrados na Câmara de Ibaretama

A população de Ibaretama e toda região do Sertão Central tem acompanhado nos últimos dias o desenrolar dos debates que acontecem no legislativo de Ibaretama, depois do afastamento do então Presidente João Vieira Picanço a Comissão Processante já iniciou seus trabalhos para apurar as denúncias feitas pelo Chefe de Gabinete Antonio Claudio de Paula. Nesta segunda-feira 22/03 aconteceu mais uma sessão deste poder, o Clima foi de muita tensão principalmente entre os vereadores Picanço e José Maria o Bebé, durante a sessão do legislativo a população de Ibaretama pode assistir a mais um festival de acusações e jogo de empurra, empurra. Alguns tentaram falar de assuntos relevantes como o avanço da violência e o Plano de Cargos e Carreiras dos funcionários da Educação que até agora não foi enviado para o legislativo municipal. A bola da vez são as denúncias contra Picanço.
Nossa equipe teve acesso com exclusividade a um ofício encaminhado pelo Presidente em Exercício Francisco Oliveira para o Presidente afastado João Vieira Picanço, no ofício o atual presidente cobra documentos que não foram encontrados na casa e que são de suma importância para dar seguimento às investigações de improbidade administrativa contra Picanço.
Os documentos que estariam faltando na casa são: Boletim de tesouraria, Livro diário e razão, balancete financeiro das receitas e despesas, extratos de movimentação bancárias, extratos e conciliações financeiras, externo de conferência de caixa, processos licitatórios e documentos comprobatórios aos períodos orçamentários e extra-orçamentários de janeiro de 2009 a março de 2010, data em que o presidente foi afastado.
Procuramos o presidente em exercício da Câmara Municipal Francisco Oliveira mais o mesmo tinha uma reunião e não pôde dar entrevista. Procurado pela Revista Central Picanço disse não saber do sumiço da documentação o mesmo afirmou ter deixado documentação na Câmara.
Picanço quando assumiu a Câmara de Ibaretama em janeiro de 2009 denunciou a imprensa que não havia documentos no legislativo referente a exercícios anteriores, agora é ao contrário, a atual presidência diz não ter recebido pelo menos 70% (setenta por cento) da documentação da casa. 

Karpegeanne Vieira
Correspondente da Revista Central em Ibaretama.

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...