Compre Agora

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Vice-prefeito de Quixadá diz que Rômulo Carneiro nunca participou das reuniões do PT

Por Jackson Perigoso
Para o petista, o prefeito de Quixadá deveria ter entregado também o cargo.
O vice-prefeito e presidente do diretório do Partido dos Trabalhadores, Airton Buriti concedeu uma entrevista exclusiva ao portal Revista Central e aRC TVfalou sobre o pedido de desfiliação e o seu ponto de vista sobre o prefeito Rômulo Carneiro. Aproveitou e fez uma avaliação do mandato da gestão. Buriti não mediu as palavras e disse que foi desrespeitado em certo momento pelo prefeito e que Rômulo é um ingrato.
A entrevista durou 45 minutos, sendo o suficiente para que Airton fizesse um desabafo sobre a realidade que o município de Quixadá enfrenta, com ênfase na gestão que ele mesmo participa. A primeira parte que o leitor poderá ver na RC TV, sendo a segunda o vice-prefeito falou abertamente sobre a situação que vive a política em Quixadá.

A entrevista será publicada em partes, neste momento o vice-prefeito fala sobre a saída de Rômulo Carneiro do PT.
- Durante esses anos, ele (Rômulo) se mostrou uma pessoa que não quis ligação de vida orgânica dentro do partido. Desde da sua indicação que ele nunca participou de uma reunião do diretório e nem da executiva.
Buriti alega que durante todo este período vinha protocolado pedido para que Carneiro recebesse a executiva do PT, mas que ele nunca atendeu aos pedidos. Disse ainda que a postura de desfiliação de Rômulo, foi construída desde do momento que assumiu o cargo. “Ele não se preocupou com nada, não participou do PED”.
Indicação para candidato em 2012
Para Airton o prefeito não quis trabalhar nomes para compor o diretório e que por isso não tinha maioria. “Reclamar que ele teria direito automático de ser o candidato, isso inclusive é falta gravíssima e desrespeitosa. Tem que ser indicada pelo diretório ou pelo formato regimental”.
- Não houve manipulação partidária, ele que não quis participar do PED, e que inclusive este PED aconteceu dentro do mandato dele.
Segundo Airton Buriti, o prefeito Rômulo chegou a reclamar em nota aos diretórios Municipal e Estadual o direito automático de ser o candidato no PT em 2012, “isso é antiético, isso não é o um partido de aluguel”. O partido em uma carta resposta, disse que estava aberto para reconhecer o direito de cada filiado. Pelo estatuto um filiado que obter 10% de assinatura poderá postular seu nome para concorrer de prévias.
- O que garantimos a ele: Fica no partido e participa das prévias e quem vencer terá o apoio.
Na entrevista completa o presidente do PT fala sobre as saídas do vereador e presidente da Câmara Municipal, José Kleber Carneiro Júnior e das desfiliações dos secretários Audênio Morais e de Carlos Augusto Vitorino Cavalcante. Ele deu a sua opinião sobre a postura do petista Igor Carlos.
Para o petista, Rômulo Carneiro foi o maior derrotado, pois, só conseguiu desfilar seu irmão, e apenas dois vereadores. Aproveitou e fez sérias acusações de assédio por parte do prefeito.
Na segunda parte o vice-prefeito vai falar do tratamento que recebeu do prefeito e como será a sua postura na gestão. Também comentou se o partido deseja entrar na justiça por infidelidade partidária.
Buriti garante que há um documento assinado por Rômulo Carneiro, cujo, garante que caso deixesse o PT, deixaria também o cargo de prefeito e destacou: - “quando agente se candidata pelo PT, assume o compromisso que se deixar o partido, entrega o mandato ao partido. Se alguém precisa fazer uma reflexão ética pra cumprir o que escreveu e o que assinou reconhecendo que, deixando o partido político reconhece que o mandato é do partido é ele (Rômulo)”.
Confira as imagens da RC TV:
Confira mais vídeos da RC TV (clique aqui)
Jackson PerigosoReportagem
Chico Javali
Foto e Imagens



Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...