Compre Agora

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Educação: Governo e professores se reúnem novamente

“O Governo repudia a violência e não concordamos com o que aconteceu."
O chefe do Gabinete do Governador, Ivo Gomes, e a secretária da Educação, Izolda Cela, se reuniram nesta terça-feira (4), no Palácio da Abolição, com o comando de greve dos professores durante cinco horas para definir um consenso em torno do fim da paralisação dos professores da rede pública estadual. Na reunião, Ivo Gomes reiterou a ata da última reunião da categoria com o governador Cid Gomes, ocorrida no dia 22 de setembro, e pediu que os professores do sindicato Apeoc que a greve fosse suspensa. “O Governo já fez vários gestos para que a paralisação terminasse. Passamos cinco anos para corrigir o calendário escolar e veio a greve. A nossa angústia é verdadeira. Educação é prioridade no nosso Governo”, destacou o secretário.

Entre os pontos destacados pelo secretário na ata anterior está o compromisso do Governo de construir uma tabela coletivamente dos vencimentos (comissão de oito pessoas paritária entre Governo do Estado e professores) utilizando 29,5% do orçamento do Estado destinado à educação – um dos maiores do País - , onde todos os profissionais do magistério tenham ganho salarial. “Não é em efeito automático ou linear, mas dentro do que for factível”, assinala a ata da reunião. O comando de greve pediu prazo para levar a proposta à assembleia da categoria na próxima sexta-feira (7), quando será votada a suspensão ou não da greve. Além desse ponto, a ata da reunião do último dia 22 destaca ainda a implementação do um terço da carga horária para extraclasse em 2012; realização de concurso público para professor em 2012 e o não encaminhamento de mensagem que trata de avaliação de desempenho sem que o tema seja debatido entre Governo e categoria.
Sobre a manifestação ocorrida na última quinta-feira (29), na Assembleia Legislativa, onde foram vistos gestos de violência, Ivo repudiou qualquer forma de excesso. “O Governo repudia a violência e não concordamos com o que aconteceu. Nunca tivemos nenhum confronto com movimentos sociais em quatro anos e dez meses de governo”, reiterou Ivo Gomes. Durante a reunião, Ivo Gomes e a secretária Izolda Cela reiteraram que o canal de diálogo entre Governo e professores sempre permaneceu aberto, tanto que já passam de dez o número de reuniões entre o Estado e a categoria. Participaram ainda da reunião os deputados estaduais Antonio Carlos (líder do Governo na Assembleia), Lula Morais e Professor Teodoro.
Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...