Compre Agora

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Faculdade Católica sabia do possível ataque, mesmo assim não reforçou segurança


Por Jackson perigoso
Declaração foi feita pelo Comandante da Polícia Militar de Quixadá.
Os acadêmicos da Faculdade Católica Rainha do Sertão estão assustados e pedem providências por parte da direção da instituição no sentido de garantir segurança de qualidade nocampus universitário, visto que após o arrombamento na última terça-feira, 18, mostrou que a segurança no local é feita a base de cassetete. Dois homens faziam a segurança usando cassetetes e lanternas, colocando em risco todo o patrimônio da instituição.
O que mais chamou a atenção foi à declaração dada imprensa pelo Comandante da 2ª Companhia do 11° Batalhão Provisório de Quixadá, Tenente-Coronel Edvar Rocha Azevedo, durante a transferência dos acusados de participação no arrombamento e de outros assaltos nas regiões do Sertão Central e Vale Jaguaribe. Segundo Comandante cerca de três meses atrás a polícia recebeu informação anônima, dando conta de que a quadrilha estava organizando um ataque ao caixa eletrônico instalado na faculdade. “As informações foram colhidas pela Delegacia Regional que uma quadrilha estava se organizando para fazer um assalto ao caixa eletrônico da Faculdade Católica e de posse desses informes, procuramos melhorar o policiamento nas mediações e também informamos o Reitor para melhorar a questão da segurança”, enfatizou.

Como bem destacou o Comandante a direção da Faculdade Católica Rainha do Sertão já sabia que poderia ser alvo de bandidagem, mas como se pode observar nada foi feito com objetivo de proteger o patrimônio, bem como a integridade física dos alunos. Caso o bando tivesse optado por realizar a ação em período de aula, possivelmente estudantes teriam sido usados como reféns.
Descaso com a segurança
Catracas existem, mas não funcionam a mais de um ano, é essa a realidade na Faculdade Católica após a crise instalada durante as 'brigas' pelo poder da instituição. No inicio do ano houve mudança nas catracas e nas carteiras estudantis, mas foi só dinheiro jogado no ralo. Nada funcionou. Hoje o campus é livre e todo estranho nele pode entrar.
Escuridão
As medições da Faculdade Católica encontram-se nas escuras e quase todos os dias alunos são vítimas de assaltos, os dados são visíveis. No interior do campus não é diferente, para se ter uma ideia basta ir até a quadra poliesportiva.
A produção do portal Revista Central efetuou 12 ligações para o número (88) 3412 6700, tarde e noite, com objetivo de saber da versão da instituição sobre o caso, porém, ninguém se quer atendeu.
Mais Informações:
Faculdade Católica Rainha do Sertão
Rua Juvêncio Alves, 660 - Centro 
Fone: (88) 3412 6700

Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...