Compre Agora

domingo, 17 de outubro de 2010

Frei gera desconforto a visita de Serra no Ceará

O frei João Hamilton criticou a distribuição de panfletos contra Dilma durante missa e foi chamado de petista por Tasso Jereissati.

Confusão durante a missa que o candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, participou ontem no final da tarde e início da noite, na Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, em Canindé. O celebrante Frei João Hamilton disse por três vezes que a missa não era local de político.

O frei reclamou também da distribuição de um panfleto criticando a candidata do PT, Dilma Rousseff. "Essa não é uma posição da Igreja Católica. A Igreja não é contra a Dilma", disse o frei para revolta do senador cearense Tasso Jereissati (PSDB). No final da missa, Tasso foi reclamar do padre. Estabeleceu-se um bate boca e Tasso chegou a chamar o padre de petista.

Na missa havia militância pró-Serra e pró-Dilma. Houve um principio de tumulto entre os militantes, mas sem grandes consequências. Frei João Hamilton durante o sermão ainda provocou Serra pedindo que o pessoal da campanha que fazia filmagens da missa campal não atrapalhasse a celebração. Serra ficou assustado com a posição do frei, mas não esboçou nenhuma reação.

O frei é conhecido na cidade por ser identificado com o PT. Ele não assumiu essa condição, mas demonstrou bastante irritação com a presença de Serra na missa, que encerrava a Romaria de São Francisco.


Com informações do Portal IG

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...