Compre Agora

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Campanha eleitoral do segundo turno não é vista no Sertão Central

O motivo principal é a falta de recursos

A campanha eleitoral do segundo turno iniciou após as 24 horas do termino da votação ocorrida no domingo,3, se nas grandes cidades brasileiras em especial as do sul e sudeste do país o clima é efervescente, nas cidades interioranas do Ceará parece que tudo já se deu por encerrado, não se ver mais um ativista com bandeira ou com carro de som dos candidatos a presidência da República.

O primeiro turno das eleições pouco se viu um veículo ou adesivo do candidato tucano José Serra (PSDB), até mesmo os candidatos do próprio partido não adesivaram seus carros, como é o caso do deputado estadual reeleito Osmar Baquit, entre outros, tudo indica que o segundo turno será idêntico.  Já a campanha de candidata petista Dilma Rousseff (PT), foi mais visível na cidade governada pelos petistas, no entanto, neste segundo os bandeiristas vermelhos estão ocultados, tudo indica que a derrota de Ilário Marques tenha abatido os ânimos dos agitados eleitores.

Cidades como Banabuiú, Choró, Ibaretama, Ibicuitinga, Itapiúna, Milhã, Piquet Carneiro, Quixeramobim, Quixadá e Solonópole, além de outras, não há clima de campanha política. Na verdade o principal silêncio foi devido ao cortes de pagamentos ocorrido no primeiro turno, ou seja, se não tiver gasolina e contratação de serviços ninguém se arriscar a trabalhar voluntariamente para nenhum candidato a presidência.

Se nas ruas o tão sonhando silêncio por populares reina, na internet os ânimos estão acirrados, são acusações e tentativas de respostas por todos os lados. Os internautas trocam acusações, fazem debates enviam a todo o instante, e-mails, mensagens via Orkut e Twitter para os seus contatos. A caixa de mensagem e os perfis do Orkut da Revista Central recebem a cada dia dezenas de mensagens relacionadas aos assuntos.

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...