Compre Agora

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Clima tenso na Faculdade Católica após anúncio de renúncia do Chanceler e Diretor

Por Fabio de Oliveira
dom_adelioApós o anúncio oficial em carta renúncia do Chanceler da Faculdade Católica Rainha do Sertão Dom Adélio Tomasin e do Diretor José Nilson Ferreira Filho, um clima de tensão e angústia se instalou nessa segunda-feira (01). A tristeza nos corredores estava estampada entre funcionários, professores, alunos e outros profissionais da instituição que não escondiam o sentimento de “perda” do maior benfeitor, fundador da maior faculdade do Sertão Central.

Uma reunião foi convocada na tarde de ontem pelo ex-diretor José Nilson com todo o corpo de funcionários da instituição, para um comunicado oficial sobre sua saída e de Dom Adélio da direção, sem explicações convincentes, José Nilson apenas comunicou o fato e despediu-se de todos agradecendo o trabalho e dedicação dos funcionários na construção desse grande complexo que é hoje a Faculdade Católica de Quixadá.

Professores e funcionários estão apreensivos, alguns professores já saíram da faculdade e outros não sabem se vão ficar, funcionários estão temerosos sobre a possibilidade de novas demissões, no final do ano passado funcionários da construção civil foram demitidos, não se sabe ainda quem irá assumir os postos de comando da instituição, a reportagem da Revista Central conversou com alguns funcionários que estão com medo de perder o emprego.

Mesmo antes de acabar a reunião, o choro e a emoção tomou conta da sala, muitos estavam se perguntado como é que um projeto do nível da Faculdade Católica, construída em pleno sertão do semi-árido do Ceará, tivesse um desfecho tão inusitado, é fato público que Dom Adélio tinha a intenção de permanecer trabalhando dentro da instituição até o fim de sua vida, na cidade que escolheu para viver e passar os últimos dias.

Em sua carta renúncia de poucas linhas, Dom Adélio faz um pedido especial, independentemente dos motivos que o levaram a renunciar o cargo de Chanceler (Reitor), pede a colaboração de todos para que o Pastor e Bispo Diocesano possa promover o progresso crescente da Católica de Quixadá, para o bem da própria instituição, “só a união de todos poderá garantir o futuro daquele dom de Deus e Nossa Senhora Rainha do Sertão fez a Quixadá, presenteando-a com a Católica.

Dom Adélio deixa mais do que um legado como missionário de Deus, deixa para os quixadaenses uma faculdade moderna, com 16 cursos e mais de 2000 alunos advindos de mais de 100 cidades do Ceará e de outros estados. Não se sabe porém se Dom Adélio vai embora de Quixadá, os repórteres da Revista Central tentaram contato com Tomasin, no entanto não obtivemos sucesso.

Fonte: Revista Central de Quixadá.

Um comentário:

Anônimo disse...

o sucesso é feito através de muito esforço e trabalho, e não através mentiras e falsidades, me desculpe mas vc por ser um cara inteligente, esta sendo muito burro e infeliz e suas matérias, procure ser verdadeiro, mostre somente verdade e veja a realidade em sua volta.

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...