Compre Agora

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Cidade de Ibaretama receberá sinal de Celular em Abril


Cidades do Ceará com população entre seis mil e 22 mil habitantes continuam sem o serviço de comunicação móvel

Pelo menos 22 municípios do Estado ainda não dispõem dos serviços das operadoras de celular, o que pode ser considerado um grande atraso. Enquanto isso, o número de acessos em operação no Ceará avançou 17,57% - saltando de 5,37 milhões para 6,31 milhões, quando relacionado dezembro de 2008 a dezembro de 2009) - e a densidade (número de acessos por cada 100 habitantes) também cresceu 16,39% na mesma comparação, segundo informações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A disparidade deve ser amenizada até abril deste ano, quando o sinal do celular deve chegar pela primeira vez a essas cidades. A desigualdade é ainda mais discrepante quando se tem um grande impulso na tecnologia do setor.

A cada dia, os fabricantes apresentam ao mercado lançamentos em aparelhos de última geração. Paralelo a isso, ainda continuam "mudas" quase 227 mil pessoas (de acordo com dados do IBGE) residentes nas seguintes cidades: Alcântaras, Antonia do Norte, Apuiarés, Ararendá, Araripe, Arneiroz, Baixio, Catunda, Choró, Deputado Irapuã Pinheiro, Ererê, General Sampaio, Ibaretama, Ipaporanga, Moraújo, Pacujá, Palmácia, Potengi, Potiretama, Senador Sá, Tarrafas e Tejuçuoca.

São localidades com população entre seis mil e 22 mil habitantes. Até abril, a Claro deve estar operando em 11 dessas cidades, a OI em sete e a TIM em 4. Segundo dados da Anatel, o sinal de celular está chegando a mais 22 municípios do Estado. Na segunda etapa da ampliação da rede - até 30 de abril de 2010 -, esses municípios que ainda não contam com os serviços de celular serão contemplados. Desta forma, o mapa da telefonia móvel ficará totalmente coberto no Estado.

Mercado

Atualmente, conforme revela a Anatel, o Ceará detém 3,63% de participação no mercado nacional de telefonia móvel. A OI detém a maior fatia, com 2,5 milhões de acessos (39,94%), seguida pela TIM, com 2,1 milhões de acessos (33,64%), Claro, com 1,4 milhão de acessos (23,08%) e Vivo, com 211 mil acessos (3,35%).

Segundo nota da Claro, emitida através de sua Assessoria de Imprensa, a operadora "informa que está empenhada em expandir sua rede GSM no Ceará. Atualmente, a Claro é líder em cobertura GSM no Estado, com 131 municípios cobertos, o que corresponde a uma população urbana coberta de aproximadamente 5,8 milhões de habitantes. A operadora ressalta ainda que o município Senador Sá recebeu a cobertura GSM da Claro em junho de 2009", diz a nota. Segundo a empresa, sua base de clientes no Estado compreende 1,4 milhão de clientes.

A OI informa que sua presença no Ceará abrange 72 municípios. Diz que está sempre estudando a ampliação do seu serviço de telefonia móvel, de acordo com a viabilidade técnica e de mercado. "Por razões estratégicas, não regionaliza seus números, mas a base de clientes da companhia no Estado está em constante crescimento, acompanhando a tendência nacional", diz a nota. A empresa acrescenta que está preparando o lançamento de novos produtos e serviços neste ano. No entanto, estas informações serão divulgadas oportunamente.

Já a TIM informou, por meio de sua Assessoria de Imprensa "que está trabalhando para atender ao compromisso de abrangência do edital de cobertura dentro do prazo definido pela Anatel (30/04/2010)". A empresa possui 119 municípios cobertos no Ceará, com mais de 2,1 milhões de clientes.


Por LÍVIA BARREIRA
Fonte: Revista Central de Quixadá com informações do Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...