Compre Agora

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Pouca arborização em Quixadá aumenta sensação de calor


A cidade de Quixadá encravada no semi-árido cearense está entre as cidades mais quentes do estado do Ceará. O clima seco e a pouca umidade relativa do ar, somados a falta de planejamento pela falta de arborização e espaços de áreas verdes, contribuem para que o centro urbano da cidade tenha temperaturas mais altas e sensações de calor intensas.

Alguns ambientalistas engajaram-se em campanha para arborizar a cidade, no entanto as poucas mudas plantadas poucas sobrevivem pela ação de vândalos que destroem os canteiros, uma das soluções que poderiam em longo prazo dá resultados satisfatórios, introduzir projetos ambientais que estimulassem nossos estudantes na conscientização e preservação das áreas arborizadas.

Algumas escolas do município e empresas da cidade trabalham com o tema de preservação ambiental, mas é preciso muito mais para garantir que nossa cidade possa usufruir dos benefícios de possuir áreas verdes e árvores plantadas em todos os bairros da cidade, isso com certeza atenuaria o incomodo desconforto do calor excessivo além de garantir uma melhor qualidade de vida do ar provocada pela poluição.

A arborização exerce papel de vital importância para a qualidade de vida nos centros urbanos. Por suas múltiplas funções, a árvore urbana atua diretamente sobre o clima, a qualidade do ar, o nível de ruídos e sobre a paisagem, além de constituir refúgio indispensável à fauna remanescente nas Cidades.

Segundo alguns estudos, através da redução da incidência direta da energia solar e do aumento da umidade relativa do ar, a arborização pode contribuir para a redução de até 4º C de temperatura, contribuindo decisivamente para atenuação das chamadas ilhas de calor, áreas de ocorrência das temperaturas mais elevadas durante o dia, especialmente nas zonas de maior poluição do ar.

Ainda com respeito à poluição, pode-se dizer que a retenção de poluentes, o consumo do gás carbônico e a produção de oxigênio contribuem para a melhoria da qualidade do ar. Além disto, as cortinas vegetais são capazes de diminuir em cerca de 10% o teor de poeira e obstruir a propagação do som, resultando na redução do nível de ruído.

Por Fábio de Oliveira
Revista Central de Quixadá

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...