Compre Agora

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Mocidade, Gaviões e Império de Casa Verde se destacam no 2º dia de desfile



Desfile do grupo especial em São Paulo terminou na manhã deste domingo (14).
Anhembi vibrou com a passagem de Ronaldo; escolas não tiveram incidentes.


Em noite de estrelas e apresentações que mexeram com o público, o Sambódromo do Anhembi recebeu suas últimas candidatas ao título do carnaval 2010. Campeã em 2009, a Mocidade Alegre se colocou entre as favoritas com uma apresentação planejada até nos detalhes, enquanto Gaviões e Império se impuseram pelo tamanho de suas torcidas ou de suas alegorias. No primeiro dia, Vila Maria, Rosas de Ouro e Vai-Vai foram os destaques. A escola vitoriosa do carnaval paulistano será conhecida na terça-feira (16).





O desfile do grupo especial terminou sem registro de incidentes graves nos dois dias. Nenhuma das escolas deve perder pontos por ultrapassar o limite de tempo de desfile. Assim como no dia anterior, os desfiles na capital paulista ocorreram com tempo bom. A chuva que tanto atrapalhou as escolas deu uma trégua durante os desfiles. Espaço aberto para que brilhassem as estrelas.

Uma das celebridades estreantes em São Paulo foi o jogador Ronaldo, que desfilou na escola que celebrava os 100 anos do Corinthians. A presença dele chegou a gerar dificuldade para fechar os portões após o desfile. Muitos integrantes de alas se acumularam para ver o jogador de perto, que desfilou no último carro. 

Além dos jogadores, a Gaviões se destacou pelas musas Sabrina Sato e Geyse Arruda. Entre as beldades que desfilaram em outras escolas, também ganharam destaques a dançarina Adriana Bombom, a modelo Dani Sperle, Valeska Popozuda e Nani Moreira.
A Mocidade Alegre levou para o Anhembi a preocupação com os detalhes e fez um carnaval à altura do seu histórico de campeã  defendendo um enredo sobre o “espelho”. Já na comissão de frente colocou integrantes com fantasias que mudavam de cor, iluminadas por uma bateria.  Além das fantasias e alegorias esmeradas, contou com um samba que chegou a animar a torcida.
Águia de Ouro

Águia de Ouro apostou em alegorias bem produzidas e coerentes com o enredo, sobre a história de Ribeirão Preto, para defender sua permanência no grupo especial das escolas de samba de São Paulo. A escola foi a primeira a passar pela avenida neste sábado , segundo dia de desfiles.

 Tom Maior


Segunda a desfilar, a Tom Maior cumpriu a proposta de apresentar uma homenagem aos 50 anos de Brasília. Driblou a falta de espaço no barracão, terminou muitas alegorias ainda na concentração e fez um desfile sem abordar polêmicas sobre política. As beldades Adriana Bombom e Dani Sperle foram destaques em uma apresentação sem incidentes e também sem grandes inovações.


 
 Mocidade Alegre


Mocidade Alegre usou um tema simples para fazer um desfile criativo e luxuoso na madrugada deste domingo (14) no Anhembi. Sem relatos de incidentes, a escola campeã do carnaval 2009 fez um desfile tecnicamente correto e levou surpresas para o público.

 X-9 Paulistana
A herança portuguesa rendeu à X-9 Paulistana um conjunto de alegorias e fantasias inspiradas, em um enredo bem desenvolvido. A escola levou à avenida um refrão simples e de boa musicalidade com o enredo "Do além-mar, a herança lusitana nos une. Ora, pois! A X-9 é portuguesa com certeza!". A escola contou com boas alegorias e fantasias para tratar da herança deixada por Portugal no Brasil. Cumpriu seu desfile em 64 minutos, sem incidentes que pudessem comprometer sua evolução. 

 Gaviões da Fiel


Além de Ronaldo, embalaram o desfile da Gaviões jogadores que fizeram história no clube, como Sócrates e Biro-Bbiro. A escola contou também com a apresentadora Sabrina Sato como madrinha de bateria e com a estudante Geisy Arruda, que ficou conhecida por ter sido hostilizada na faculdade onde estudava por usar um vestido curto. Recebida com fogos de artifício e de pé pelo público, a comissão de frente utilizou equipamentos para seus integrantes saltarem e representarem a pulsação do torcedor.

 Império de Casa Verde


Império de Casa Verde fez uma homenagem a uma das mais famosas cidades paulistanas com o enredo "Itu, fidelíssima terra de gigantes". As alegorias relembraram momentos decisivos na história de Itu, que teve participação decisiva em diversos capítulos da formação da sociedade brasileira. No abre-alas um dos destaques: o tigre da escola veio acompanhado de neve artificial.

 Pérola Negra
A escola da Vila Madalena teve a honra de encerrar as apresentações da elite do samba paulistano. A Pérola Negra fez  uma reverência a Rolando Boldrim, com o enredo "Vamos tirar o Brasil da gaveta".

Fonte: G1 da Globo

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...