Compre Agora

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Famílias Sem Terra ocupam área pública em Quixadá

Cerca 50 famílias do MST ocuparam a fazenda Lavoura Seca, a quatro quilômetros do Centro de Quixadá, no Sertão Central do Ceará, na manhã desta segunda-feira,27. A área pertence ao Ministério do Desenvolvimento Agrário, mas é utilizada pela Prefeitura Municipal de Quixadá e pela Universidade Federal do Ceará, que desenvolvem na área um projeto experimental.
As famílias reivindicam a área para fins de Reforma Agrária, para que possam trabalhar e construir suas moradias. Além da fazenda Lavoura Seca, o MST reivindica a vistoria e emissão de posse de outras áreas no município.
“Ainda há muitos latifúndios e concentração de terras em Quixadá”, afirma o coordenador do MST Ricardo Messias. O gerente da fazenda, que se identificou como Francisco, disse que a área não está sendo utilizada. "Só às vezes quando vem alunos dos cursos da UFC".
O trabalhador disse também que apoia a Reforma Agrária. "Não sou contra a ocupação. Estou aqui para ajudar", disse Francisco. A ação conta também com apoio de várias entidades do município, como o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Quixadá.
Informações Marcelo Matos
Revista Central

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...